Saúde e Bem Estar

Covid-19: Camaquã inicia imunização de adolescentes

Imunização para adolescentes de 17 anos foi iniciada na manhã desta quarta-feira (15), com formação de fila no Centro de Imunização Viégas
Por: Elias Bielaski | Publicado: 15/09/2021 às 08:56 | Alterado: 22/09/2021 às 20:01 | Fonte: Com informações da Secretaria Municipal da Saúde
Foto: Igor Garcia / Clic Camaquã
Foto: Igor Garcia / Clic Camaquã

Na manhã desta quarta-feira, 15 de setembro, a cidade de Camaquã dá início a uma nova etapa da imunização contra a Covid-19. Após autorização da Secretaria Estadual da Saúde (SES/RS), o município passa a imunizar adolescentes de 17 anos sem comorbidades.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

Com a vacinação do novo público, a reportagem do Clic Camaquã se deslocou até o Centro Social Urbano, onde está localizado o Centro de Imunização Viégas.

No local, é possível notar ampla adesão do público em questão, que forma fila desde às 8h, antes do início da vacinação.

A aplicação ocorre no Centro de Imunizações Viégas, das 8h30min às 16h30min, como também nas Unidades Básicas de Saúde.

A vacinação para este grupo foi autorizada após reunião e assinatura de resolução pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB). Agora, foi liberado para que os municípios apliquem a vacina somente no grupo de adolescentes com 17 anos.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

Confira o cronograma:

Quarta-feira 15/09 – Unidades Básicas de Saúde da Carvalho Bastos e Dr. Rosinha (Cohab);

Quinta-feira 16/09 – Unidades Básicas de Saúde da Santa Marta e Getúlio Vargas;

Sexta-feira 17/09 – Unidades Básicas de Saúde da Dona Tereza e Washington Brose (Três Bairros).

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

O atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, ocorrerá das 9hs às 12hs e das 12h30min às 15h30min, tanto para aplicação da primeira dose, como da segunda dose, além da aplicação da dose de reforço que também é iniciada nesta quarta-feira (15).

A terceira dose será aplicada somente para as pessoas com 70 anos ou mais, desde que tenha passado 6 meses da aplicação da segunda dose ou dose única.

O reforço começa pelos residentes de ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos). Na sequência, será a vez dos idosos acamados.

Os demais idosos terão que aguardar a sua faixa etária para receber a terceira dose. Assim que a secretaria da Saúde for contemplar idosos abaixo dos 70 anos, será divulgado pelos órgãos oficiais do município e pelo portal Clic Camaquã.

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio <

deixe seu comentário