Campo em Dia

Preço do arroz sobe 40% em um ano

Dados da Associação Brasileira de Supermercados afirmam que valor pago pelo consumidor brasileiro representa quase oito vezes mais que o reajuste do salário mínimo
Por: Eduardo Costa | Publicado: 12/09/2021 às 17:57 | Alterado: 19/09/2021 às 18:15

O arroz, um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros, segue como um dos itens com maior valorização no último ano. Dados da Associação Brasileira de Supermercados afirmam que valor pago pelo consumidor brasileiro representa quase oito vezes mais que o reajuste do salário mínimo. Em julho de 2021 o produto acumulou alta de 39,8% nos últimos doze meses. O incremento representa quatro vezes mais que a inflação no período, de 8,99%.

Comparando o piso salarial do país em 2020, que era de R$ 1.045,00 e de R$ 1.100,00 em 2020, o arroz subiu 7,65 vezes mais que  salário mínimo, que teve aumento de apenas 5,2% no período. De acordo com dados divulgados pelo Procon-SP, em julho de 2020 era possível comprar com um salário mínimo 329 quilos de arroz. No mesmo mês, um ano depois, 267. Uma diferença de 62 quilos, ou 19% a menos. 

deixe seu comentário