Polícia

URGENTE: Preso quinto envolvido na morte de motorista de aplicativo em Camaquã

Polícia Civil prendeu mais um envolvido na morte de motorista de aplicativo, morto por engano em julho
Por: Elias Bielaski | Publicado: 24/08/2021 às 15:32 | Alterado: 31/08/2021 às 19:05 | Fonte: Polícia Civil

Na manhã desta terça-feira, 24 de agosto, a Polícia Civil realizou a prisão de mais um envolvido na morte de um motorista de aplicativo em Camaquã. A Operação Mistake - erro, em inglês - foi efetuada pelos agentes da Delegacia de Polícia de Camaquã e resultou na prisão do quinto envolvido no assassinato de Valdeci Dornelles Tavares.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

Na ocasião do crime, foi preso um indivíduo em flagrante, o qual durante as investigações, a Polícia Civil concluiu que se tratava de um dos executores do crime.

Além disso, foram presos preventivamente os dois mandantes do crime, os quais já se encontravam recolhidos no sistema prisional.

Também foi preso o outro executor e um quinto homem, que participou do crime, totalizando cinco presos.

Foram cumpridos 09 Mandados de Busca e Apreensão nos bairros Getúlio Vargas e Olaria, nesta cidade, e em celas do Presídio Estadual de Camaquã e, da Penitenciária Estadual de Rio Grande.

Concorra a uma pizza grande da Frazione <

A motivação do crime gira em torno da disputa de territórios para o tráfico de drogas no bairro Getúlio Vargas. 

Uma parte da operação contou com o apoio da Brigada Militar. Participaram da Operação 13 Policiais Civis e 22 Policiais Militares.

Valdeci trabalhava como motorista de Uber e foi morto por engano na tarde do dia 9 de julho de 2021.

Ele estava em frente a sua residência, no bairro Getúlio Vargas, quando foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo. Ele morreu no local.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Acompanhe a reportagem de Igor Garcia no local:

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio <

deixe seu comentário