Obras e Infraestrutura

"Esse projeto resolve a iluminação pública de Camaquã", afirma secretário Especial de Governo

No Controle Geral, Rafael de Moura trouxe novos detalhes sobre implantação de iluminação de LED em toda a cidade
Por: Elias Bielaski | Publicado: 15/08/2021 às 15:22 | Alterado: 22/08/2021 às 21:02
Foto: Imagem Ilustrativa / Divulgação
Foto: Imagem Ilustrativa / Divulgação

A cidade de Camaquã pode ter toda a sua iluminação pública substituída das conhecidas lâmpadas incandescentes para lâmpadas LED. A informação foi trazida em primeira mão pela reportagem do portal Clic Camaquã na primeira semana de agosto e agora, o Poder Executivo trouxe novos detalhes sobre o projeto.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

Na manhã deste sábado, 14 de agosto, o programa Controle Geral recebeu uma entrevista especial com um trio de representantes do Poder Executivo de Camaquã. Estiveram na ClicRádio o prefeito Municipal, Ivo de Lima Ferreira; o vice-prefeito, Abner Dillmann; e o secretário Especial de Governo, Rafael de Moura.

No programa, apresentado excepcionalmente por Igor Garcia, que substituiu o titular Alvorino Osvaldt, foram abordados todos os principais destaques dos últimos dias e as principais obras que estão sendo projetadas pela Prefeitura.

Rafael de Moura ficou encarregado de trazer novos detalhes sobre o projeto de iluminação de LED no município:

"Esse projeto resolve a iluminação pública de Camaquã", afirmou o secretário.

Concorra a uma pizza grande da Frazione <

Atualmente, a cidade de Camaquã tem consumo anual de mais de 3 milhões de quilowatts, ao custo de cerca de R$1,3 milhão. Com a substituição de todas as lâmpadas do perímetro urbano para a tecnologia LED, a Prefeitura estima reduzir o consumo para 1 milhão de quilowatts por ano, ao custo de cerca de 600 mil reais.

Vantagens da lâmpada de LED

O preço da lâmpada LED é maior, mas são as mais econômicas nos quesitos: Aproveitamento e duração; Consumo energético; Baixa emissão de calor.

Uma lâmpada LED de 10W ilumina tanto quanto uma fluorescente de 15W ou uma incandescente de 60W – isto é, uma economia de quase 35% em relação à lâmpada fluorescente.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Isto representa uma economia de 90% em relação à lâmpada incandescente, utilizada atualmente na iluminação pública de Camaquã.

A diferença de valores

"A diferença em valores é de 54%. A diferença por ano, de mais de 700 mil reais, pode ser utilizada na compra do novo equipamento. A diferença em dinheiro já paga esse investimento. É totalmente viável."

O secretário destacou que a Prefeitura planeja pagar todo o custo desta substituição apenas com a economia que será gerada pelos novos equipamentos e ainda destacou que o formato atual é deficitário: "A arrecadação de Camaquã hoje é deficitária para manter o atual sistema de iluminação", conta.

A substituição da lâmpada e das estruturas custaria entre 5 e 6 milhões de reais. O pagamento deve ser feito em 120 parcelas de 50 mil reais por mês. 

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio <

Segundo Rafael, as lâmpadas de sódio, utilizadas hoje, tem cerca de 4 mil horas de funcionamento garantido pelos fabricantes, enquanto as lâmpadas de LED tem 'tempo de vida' de aproximadamente 100 mil horas.

Assista a entrevista completa:

Outro destaque é o destino das lâmpadas hoje instaladas. Moura destacou que todo o material retirado do perímetro urbano, será utilizado para a iluminação do interior de Camaquã.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

deixe seu comentário