Política

Novos pedágios são "deboche com o povo da Metade Sul", ressalta deputado

Pedido de renovação dos contratos de pedágios da Ecosul foi encaminhado nesta semana e gerou indignação na Metade Sul
Por: Elias Bielaski | Publicado: 08/07/2021 às 16:56 | Alterado: 15/07/2021 às 20:22 | Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
Marcus Vinícius de Almeida no Controle Geral. Foto: Elias Bielaski / ClicRádio
Marcus Vinícius de Almeida no Controle Geral. Foto: Elias Bielaski / ClicRádio

Mesmo após a insatisfação expressa em diversas audiências públicas, a empresa Ecosul protocolou o pedido de prorrogação de seus contratos de prorrogação na Metade Sul do Estado. A proposta foi rechaçada por prever a implementação de mais dois pontos de cobrança na BR-116 e pelo histórico de ineficiência dos serviços prestados.

Quer ganhar um rancho do Krolow? Clique aqui!

De acordo com o parlamentar Marcus Vinícius (PP), o encaminhamento da prorrogação representa um desrespeito com os usuários das vias contempladas, aos quais hoje recaem as tarifas mais caras do Estado.

“A proposta demonstra é um gesto de desprezo com o povo da Metade Sul. Durante as audiências públicas, ficou explícita a revolta de toda uma região com a empresa que presta um serviço insatisfatório e de preços abusivos em suas praças de pedágios”, afirma.

A proposta foi repudiada por lideranças políticas, produtores rurais, empresários, caminhoneiros e entidades representativas, que desejam uma nova licitação com regras mais claras e preços módicos, bem como investimentos mais expressivos nas rodovias.

O pedido de prorrogação da Ecosul foi direcionado à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) há poucos dias e segue em análise.

Quer ganhar uma pizza Frazione? Clique aqui!

Ao final da avaliação, a ANTT se manifestará favorável ou não ao pedido e encaminhará a resposta ao Ministério de Infraestrutura. Se houver entendimento que a solicitação é válida, a Ecosul irá fazer o detalhamento das propostas.

Pelas redes sociais, o deputado falou sobre o tema:

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio.

"Um deboche! Não consigo encontrar outra palavra para traduzir, tamanho desprezo com os usuários que, por mais de duas décadas, estão sendo lesados. Apesar do Ministro Tarcísio Gomes de Freitas já ter afirmado que não renovará esses contratos, não descansarei até garantir que seja sepultada, de uma vez por todas, as pretensões desta concessionária que atrasou o desenvolvimento da Metade Sul do RS", relatou o deputado.
deixe seu comentário