Polícia

Em surto psicótico, filho mata a própria mãe asfixiada com travesseiro

Segundo a Polícia Civil, o homem de 28 anos e morador de Florianópolis é esquizofrênico e tem passagens por importunação sexual, posse de drogas e desacato
Por: Elias Bielaski | Publicado: 13/06/2021 às 11:01 | Alterado: 20/06/2021 às 20:58 | Fonte: ND+, RS Agora
Imagem Ilustrativa. Foto: Polícia Militar / SC
Imagem Ilustrativa. Foto: Polícia Militar / SC

Durante a última semana, mais um crime brutal chocou a comunidade de Florianópolis, capital de Santa Catarina. Um homem de 28 anos matou a própria mãe asfixiada com um travesseiro.

Quer ganhar uma pizza? Clique aqui!

O caso noticiado pelo portal ND+ ganhou as manchetes catarinenses na noite da última quarta-feira, 9 de junho. De acordo com a Polícia Civil, o homem de 28 anos tem histórico de esquizofrenia. 

A Polícia Militar informou que o homem de 28 anos teria usado um travesseiro para matar a mãe. O feminicídio foi registrado por volta das 19h, na rua Thiago da Fonseca, no bairro Capoeiras.

De acordo com o delegado Enio de Oliveira Mattos, da Delegacia de Homicídios da Capital, uma irmã do autor acionou a PM após não conseguir entrar na casa da mãe.

Receba as notícias do Clic no WhatsApp.

Dentro do local, os policiais encontraram o corpo da vítima deitado em uma cama. Ainda segundo o delegado, o filho dela estava em um surto psicótico quando foi preso pelos policiais.

Familiares relataram aos agentes que o autor tem histórico de esquizofrenia.

A Polícia Civil e o IGP (Instituto Geral de Perícias) também foram acionados. Conforme a PM, o autor do feminicídio tem passagens policiais por importunação sexual, posse de drogas e desacato.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube.

deixe seu comentário