Polícia

Mãe que gravou vídeo e tentou matar a filha em Lajeado deixa UTI

Ela passou por cirurgia na terça-feira (18), já apresentou melhoras, está em bom estado de saúde e segue em um leito clínico
Por: Elias Bielaski | Publicado: 26/05/2021 às 10:20 | Alterado: 02/06/2021 às 23:37 | Fonte: Com informações de Polícia Civil e Agência GBC
Foto: YouTube - Clic Camaquã / Reprodução
Foto: YouTube - Clic Camaquã / Reprodução

Nesta terça-feira, 25 de maio, a mulher que tentou matar a própria filha e cometer suicídio deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC). Ela segue internada em um leito clínico e apresenta melhor considerável do quadro de saúde.

Quer ganhar uma pizza? Clique aqui!

A mulher de 34 anos tem prisão preventiva decretada pela Justiça após investigação inicial sobre o caso, que ganhou repercussão após a divulgação de vídeos em que a mulher convida a própria filha para cometer suicídio: "Vamos se matar, filha? Dá tchau para o papai", disse a mulher em vídeo gravado no interior de um veículo.

De acordo com a Polícia Civil, após a gravação do vídeo, a mulher provocou o acidente de forma intencional, na tentativa de tirar a própria vida. Ela jogou o carro contra um caminhão e na sequência também colidiu contra uma camionete. Os demais envolvidos tiveram apenas ferimentos leves.

A investigação ainda apontou que o crime ocorreu após a mãe não aceitar uma nova namorada do ex-marido. Depois do acidente, a criança fica apenas com o pai e está com trauma de andar em carros.

Receba as notícias do Clic no WhatsApp.

O caminhoneiro relatou aos policiais que a mulher invadiu a pista para colidir frontalmente. Ela deve ser conduzida para uma casa prisional assim que deixar o HPSC. Confira o vídeo e relembre o acidente:


deixe seu comentário