Política

Vereador se manifesta contra projeto que retira tolerância do Estacionamento Rotativo

Proposta da Prefeitura de Camaquã prevê multa para quem estacionar o veículo sem adquirir ticket
Publicado: 24/05/2021 às 14:01 | Alterado: 31/05/2021 às 20:05 | Fonte: Com informações de Assessoria - Vitor Azambuja
Vitor Azambuja no Bom Dia Camaquã. Foto: Elias Bielaski / ClicRádio
Vitor Azambuja no Bom Dia Camaquã. Foto: Elias Bielaski / ClicRádio

O vereador Vítor Azambuja (Progressistas) se manifestou contrário ao Projeto de Lei nº 33 de 2021, do Poder Executivo, que retira a tolerância de dez minutos do Estacionamento Rotativo de Camaquã. O parlamentar participou do programa Bom Dia Camaquã na manhã desta segunda-feira (24) e falou sobre o assunto. Ele também utilizou as redes sociais para tratar sobre o tema e ouvir a opinião da comunidade sobre o assunto. 

Quer ganhar uma pizza? Clique aqui!

A legislação em vigor determina que o usuário do estacionamento rotativo tem até dez minutos de tolerância para adquirir o período de permanência ou retirar o veículo da vaga.

Já a proposta da Prefeitura afasta a possibilidade do motorista retirar o veículo da vaga sem adquirir o ticket, prevendo uma multa de R$ 10,00.

“A ideia deste projeto do Executivo é acabar com o período de tolerância. Se o usuário ficar 3, 6 ou 9 minutos com o carro estacionado e decidir sair da vaga, vai ter que pagar de qualquer forma”, explicou o vereador.

Receba as notícias do Clic no WhatsApp.

Em 2019, o Governo Municipal publicou edital e realizou concorrência para escolha da empresa para administrar o serviço no município. O parlamentar ressaltou que o edital publicado pela Prefeitura e o contrato firmado com a B&R Parking não cumprem o que a legislação atual estabelece, ao prever que não há gratuidade no período de tolerância.

De acordo com Azambuja, a discrepância entre a legislação e o contrato geram dúvidas nos usuários. No entanto, o vereador entende que a Prefeitura deveria alterar o contrato e não a legislação:

“A prefeitura, ao invés de alterar o contrato com a empresa, que está fora da lei em decorrência de um edital equivocado, decidiu enviar pra Câmara um projeto alterando a lei”, lamentou Vítor Azambuja.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube.

O projeto atualmente está tramitando na Comissão de Orçamento, Finanças e Controle Externo da Câmara Municipal de Camaquã. O vereador Vítor Azambuja é o relator e informou que irá convocar uma audiência pública para ouvir a opinião da comunidade sobre o estacionamento rotativo de Camaquã.

Assista a entrevista completa, disponível no Facebook e YouTube do Clic Camaquã:

O programa Bom Dia Camaquã abre espaço para os vereadores camaquenses diariamente, de segunda à sexta-feira, às 9h. Tradicionalmente, participam dois parlamentares a cada dia, debatendo os principais temas ligados à política local.

Baixe o aplicativo da ClicRádio no seu celular.

deixe seu comentário