Carros e Motos

Mudança no uso dos faróis durante o dia entra em vigor em abril

No Controle Geral, diretor de Trânsito destacou mudança no uso de farol dos veículos durante o dia e da obrigatoriedade dos equipamentos originais
Por: Elias Bielaski | Publicado: 28/02/2021 às 00:00 | Alterado: 19/04/2021 às 14:20
Imagem Ilustrativa. Foto: Divulgação
Imagem Ilustrativa. Foto: Divulgação

Neste sábado, 27 de fevereiro, o programa Controle Geral, na ClicRádio, recebeu a participação de Carlos Guaspari. No estúdio da ClicRádio, o diretor da Divisão de Trânsito de Camaquã falou sobre as obras que envolvem o trânsito e a infraestrutura da cidade, além de novas ações de educação no trânsito e sobre o Novo Código de Trânsito (veja abaixo).

Baixe o aplicativo da ClicRádio e concorra a prêmios toda sexta.

Quanto à infraestrutura, Guaspari pediu atenção redaobrada dos motoristas na próxima semana com relação à revitalização do asfalto da avenida Olavo Moraes, que começou nesta semana no trecho entre as avenidas Presidente Vargas e Sete de Setembro. Ele também alertou para as obras que acontecem na avenida Presidente Vargas, que também receberá novas camadas de asfalto.

Carlos também destacou as alterações do Novo Código de Trânsito que entra em vigor em abril, destacando a pontuação, autuação e a nova validade da Carteira Nacional de Habilitação. Ele falou sobre a nova idade para crianças que podem andar na garupa das motocicletas e da alteração em relação aos itens de sinalização dos veículos, que a partir de abrir devem ser obrigatoriamente originais.

Clique aqui e receba as notícias da região no seu celular.

Confira a entrevista completa:

 

 

Faróis sempre acesos?

A obrigatoriedade de manter os faróis acesos durante o dia permanece, assim com em túneis, sob chuva, neblina ou cerração, e à noite. A diferença é que, nesta reformulação, o equipamento só precisará estar em uso nas rodovias de pista simples. E, também não será obrigatório, se essas vias estiverem em perímetros urbanos. 

As novas regras valem a partir de abril de 2021.

A lei dos faróis acesos durante o dia entrou em vigor no País em julho de 2016, com multa de R$ 85,13, por infração leve, e quatro pontos na carteira de habilitação. O objetivo da medida foi o de aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais.

Os veículos que não dispuserem de luzes de rodagem diurna deverão manter acesos os faróis, mesmo durante o dia, nas rodovias de pista simples situadas fora dos perímetros urbanos. Diferente do que previa o PL original enviado pelo Executivo, a infração e a multa continuam existindo para quem desrespeitar a regra.

Ainda conforme a nova lei, as luzes de rodagem diurna serão incorporadas progressivamente aos novos veículos automotores, fabricados no País ou importados, na forma e nos prazos estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

 

DRL

A DRL, sigla de Daytime Running Lamp (Luz de Rodagem Diurna), tem ganhado cada vez mais espaço na indústria automotiva, especialmente após a publicação da Resolução 667 do CONTRAN que, entre outras coisas, determina sua obrigatoriedade para novos projetos de veículos, produzidos a partir de 2021.

Diferente do farol baixo, que precisa ser acionado pelo condutor, a DRL acende automaticamente assim que o veículo é ligado.