Economia

Petrobrás perde R$ 100 bilhões em valor de mercado após intervenção de Bolsonaro

Após demissão do presidente da Petrobrás, ações na Bolsa de Valores despencaram R$100 bilhões em quatro dias
22/02/2021 - 14h:31min - Fonte: Valor Econômico

Em pouco mais de 72h, a Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobrás) perdeu 19% do seu valor de mercado. Após o presidente da república Jair Bolsonaro demitir o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, houve uma queda que já ultrapassa R$100 bilhões de reais no valor de mercado da Petrobrás.

Baixe o aplicativo da ClicRádio e concorra a prêmios toda sexta.

Para o seu lugar, o presidente anunciou o general Joaquim Silva e Luna. Após a demissão, ocorrida na sexta-feira, 19 de fevereiro, também foram afetadas as ações do Banco do Brasil e da Eletrobrás.

De acordo com dados registrados no Valor PRO, serviço de informações em tempo real do Valor, foram necessários apenas dois pregões da Bolsa para registrar a queda nos valores. A companhia saiu de um patamar de R$ 383 bilhões no fechamento de quinta-feira, logo antes do estouro da crise, e agora está sendo negociada a R$ 283 bilhões.

Imagem

Após a indicação, a percepção de risco para as ações da companhia, que já estava alta por conta das críticas de Jair Bolsonaro ao reajuste de combustíveis e ao CEO da estatal, aumentou ainda mais. De acordo com o InfoMoney, as ações da Petrobras despencaram mais de 19%, com a ação PETR3 em baixa de 19,48%, a R$ 21,85, na primeira hora de pregão, enquanto os ativos PETR4 tinham baixa de 18,88%, a R$ 22,20.

Clique aqui e receba as notícias da região no seu celular.

Ainda de acordo com o InfoMoney, diversas casas de análise já reduziram para equivalente à venda ou colocaram a recomendação das ações da estatal em revisão.

Imagem

deixe seu comentário