Educação e Cultura

"Vamos ter que dar conta de minimizar o déficit de aprendizagem”, afirma secretária sobre o impacto na educação em 2020

Jussara Hass falou sobre o início do ano letivo, atividades remotas, retorno híbrido, entre outros
21/02/2021 - 10h:33min - Fonte:

Durante este sábado, 21 de fevereiro, a secretária de Educação e Desporto, Jussara Hass, participou do programa Controle Geral. Ela abordou diversos assuntos relacionados à educação, como o início do ano letivo, atividades remotas, retorno híbrido nas escolas, entre outros temas.

Jussara informou que as atividades com as equipes diretivas iniciaram no dia 18 de fevereiro. “Tivemos um período de férias das equipes, com as escolas fechadas e elas retornaram no dia 18”, comentou. 

Início do Ano Letivo

Ela divulgou que na sexta-feira (19), foi realizada uma reunião com as equipes diretivas, onde foram passadas as orientações para o início do ano letivo. “O início do ano letivo, com o retorno está previsto para o dia 10 de março, em atividades ainda remotas”, contou.

A secretária explicou que em todas as reuniões que estão acontecendo na Secretaria, é discutido o retorno presencial das aulas. Durante esses encontros as equipes estão sendo preparadas para um sistema híbrido de ensino.

Dificuldade de aprendizagem

Os problemas com a falta de interação entre os alunos em sala de aula, ao decorrer do ano de 2020, também foram abordados durante a entrevista. A secretária comentou que apesar do esforço muito grande das escolas, restou um déficit de aprendizagem muito grande.

"Nós vamos ter que dar conta de minimizar o déficit de aprendizagem”, afirmou. “O esforço das equipes diretivas, pedagógicas e do planejamento é minimizar o impacto que trouxe o 2020”, ressaltou.

Segurança

A secretária divulgou que a Secretaria da Educação investiu R$191 mil em EPIs Covid, para o retorno das atividades presenciais nas escolas municipais. Foram adquiridos totens de álcool em gel, tapetes sanitizantes, termômetros para verificação de temperatura e demais itens de proteção e higiene e limpeza.

Jussara informou que os materiais vão contribuir para que as escolas comecem a se preparar para o retorno das atividades semipresenciais. Ela comentou sobre a instabilidade envolvendo o retorno das atividades presenciais, devido a expansão dos casos do vírus e garantiu que a Secretaria está atenta para todas as mudanças e trabalhando para garantir uma retomada segura para a alunos e profissionais da educação.

deixe seu comentário