Saúde e Bem Estar

Camaquã recebe primeiro lote da vacina contra Covid-19 de Oxford/Fiocruz

Também conhecida por vacina Oxford/Fiocruz, primeiras doses chegaram a Camaquã nesta terça-feira, 26 de janeiro
26/01/2021 - 11h:44min - Fonte: Assessoria de Imprensa de Camaquã

Na manhã desta terça-feira (26), o Governo Municipal, através da Secretaria Municipal da Saúde, recebeu na 1ª Coordenadoria Regional de Saúde, na cidade de Porto Alegre, novo lote de vacinas que imunizam contra o Covid-19.

Após o Estado receber 116 mil doses da vacina Covishied-Oxford/Fiocruz ou Oxford/AstraZeneca, a Secretaria de Saúde do Estado, distribuiu através das 18 Coordenadorias Regionais de Saúde, as quais direcionaram doses aos municípios do Estado, sendo que Camaquã foi recebeu 480 doses.

Baixe o aplicativo da ClicRádio e concorra a prêmios toda sexta.

Diferente do que ocorreu com a CoronaVac, onde a segunda dose ficou reservada pelo Estado, para ser aplicada após 3 semanas a segunda dose, a vacina Oxford/AstraZeneca, a segunda dose será entregue posteriormente ao Governo do Estado, e aplicada nos grupos desta fase após 12 semanas da segunda dose, quando há previsão de novo repasse por parte do Ministério da Saúde.

A Secretaria da Saúde espera que com esta remessa conclua a primeira fase de vacinação, a qual engloba idosos de ILPI, profissionais de saúde, ligados diretamente ao combate do Covid-19. Conforme o plano municipal de vacinação, a primeira etapa da vacinação foi dividida em três fases, sendo que todos os profissionais da saúde serão imunizados até o final desta primeira etapa.

Clique aqui e receba as notícias da região no seu celular.

Já na segunda fase serão vacinados todos os profissionais da saúde, que trabalham no hospital e na rede de atenção primária à saúde, que acontecerá durante essa semana, ainda na modalidade in loco, no local de trabalho desses profissionais.

Na terceira fase serão contemplados os demais profissionais da saúde, ainda sem data prevista, “a produção da vacina está aumentando, o que nos deixa esperançosos de que logo possamos liberar a vacinação nos centros de imunização”, declarou a Coordenadora Municipal das Imunizações, Danieli Hain de Souza.

deixe seu comentário