Variedades

Secretaria do Meio Ambiente projeta EcoPontos em bairros de Camaquã

Secretário Marcos Maranata falou sobre projeto que tem como objetivo o reaproveitamento de lixo, estulhos e eletrônicos
13/01/2021 - 15h:47min - Fonte:

Nesta quarta-feira, 13 de janeiro, o programa Bom Dia Camaquã recebeu Marcos Maranata, novo secretário do Meio Ambiente de Camaquã. No estúdio da ClicRádio, Maranata destacou os principais desafios ao assumir a pasta do Meio Ambiente e trouxe um resumo de seus principais objetivos ao longo dos próximos quatro anos.

Um dos principais destaques foi a informação do estudo para a implementação de "EcoPontos". Já em funcionamento em diversas cidades do Brasil (veja abaixo), os EcoPontos funcionam como um estação para reaproveitamento dos mais diversos materiais.

Segundo Marcos, a principal referência na região são os EcoPontos de Guaíba, implementados em novembro de 2017, inicialmente em quatro, e que foram expandidos para sete até o final de 2019. Outro exemplo é o da cidade de Pelotas, que já possui cinco EcoPontos funcionando. 

Confira a entrevista completa:

Ao entrar no Ecoponto, o usuário deve se dirigir à coletora destinada ao produto que pretende descartar, sendo que todas têm identificação de qual material recebem. Um funcionário permanece no local apenas para auxiliar, se houver dúvidas. Cada pessoa pode descartar uma quantidade limitada de materia. Em algumas cidades, o limite é de 1 mitro cúbico, podendo variar até 3 metros cúbicos de material.

O que pode ser descartado no Ecoponto?

Materiais recicláveis, como plásticos de origem domiciliar, papelão, vidros e metais, além de móveis desmontados, restos de podas e jardinagem, e resíduos de construção civil: aterro, argamassa, concreto e tijolos.

Como funcionam os ecopontos?

Tudo aquilo que não será mais aproveitado, como óleo de cozinha usado, fragmentos de tijolos e de azulejos, cimento, pedaços de madeira, podas de árvores, eletrônicos e móveis velhos (sofás, camas, armários) podem ser levados para os ecopontos. Assim, os moradores colaboram com o trabalho da prefeitura, ajudando a conservar as vias públicas e mantendo-as sempre limpas e bem cuidadas. Nos locais, não podem ser descartados lixo domiciliar, lixo industrial e animais mortos.

Exemplos de Ecoponto

Notícia - Prefeitura de Agudos implantou contêineres identificados por  cores para depósito em ecoponto - Prefeitura Municipal de Agudos

Ecoponto de Agudos. Foto: Prefeitura de Agudos / Divulgação

Farroupilha ganha mais um ecoponto — Revista News

Ecoponto de Farroupilha. Foto: Prefeitura de Farroupilha / Divulgação

Passo Fundo terá Ecoponto para receber resíduos volumosos - Rádio Uirapuru

Ecoponto de Passo Fundo. Foto: Prefeitura de Passo Fundo / Divulgação

Primeiro Ecoponto começa a funcionar em Governador Valadares | Vales de  Minas Gerais | G1

Ecoponto de Governador Valadares. Foto: Prefeitura Governador Valadares / Divulgação

Prefeitura inicia obras de Ecopontos para descarte de resíduos da  construção civil, podas e recicláveis – Prefeitura de Caraguatatuba

Ecoponto de Caraguatatuba. Foto: Prefeitura de Caraguatatuba / Divulgação

Prefeitura Municipal de PelotasPrefeitura Municipal de Pelotas

Ecopontos em Pelotas. Foto: Prefeitura de Pelotas / Divulgação

deixe seu comentário