Economia

Prefeitura de Camaquã já tem data para pagamentos do 13º e salário de dezembro

Prefeito Ivo de Lima Ferreira confirmou datas programadas para pagamento da segunda parcela do 13º e do salário referente ao mês de dezembro, que será pago antes do Natal
30/11/2020 - 15h:59min - Fonte: colaboração de Sabrina Borges

O prefeito Ivo de Lima Ferreira e o vice-prefeito Abner Dilmann concederam suas primeiras entrevistas depois da eleição, no programa Controle Geral, da ClicRádio. Durante a entrevista ocorrida neste sábado, 28 de novembro, o prefeito antecipou as datas programadas para pagamento da segunda parcela do 13º e do salário do mês de dezembro.

Segundo ele, a segunda parcela do 13º salário de 2020 será paga no dia 11 de dezembro, sexta-feira da próxima semana. Já o salário do mês de dezembro será pago no dia 24 de dezembro, véspera de Natal.

Durante a entrevista, ele reafirmou o compromisso com servidores e negou acusações feitas por adversários durante a campanha. Segundo ele, seus adversários o chamaram de 'coronel' e isso gerou revolta em parte dos servidores. "Foram quatro anos difícieis, mas nós pagamos nossos funcionários rigorosamente em dia", ressaltou.

"Para nós, o funcionário público sempre teve prioridade", destacou. Segundo ele, aqueles que tentaram lhe tirar da Prefeitura tinham como objetivo manchar a sua imagem.

O prefeito reeleito comentou as dificuldades da campanha, que foi realizada inteiramente fora de horário de expediente de trabalho. “Eu cumpri o meu horário dentro da Prefeitura”, afirmou. “Eu saia da Prefeitura às 17h e então saia para pedir voto”, contou Ivo.

Confira a participação completa a partir dos 37 minutos de transmissão:

“Não foi fácil enfrentar essa nova realidade, tudo precisou ser adaptado e na política não foi diferente”, falou. “Somos muito gratos pelo povo de Camaquã, mesmo não podendo visitar todos, eles acreditaram em nós e em nosso trabalho”, expressou. 

vice-prefeito eleito, Abner Dilmann, falou sobre suas percepções referentes ao período de campanha e afirmou que o projeto foi “fácil de vender”, pois os camaquenses já conheciam o trabalho do prefeito Ivo. “Campanha a gente só ganha no dia”, comentou. 

Clique aqui e leia a entrevista completa.

deixe seu comentário