Eleições 2020

Sebastião Melo é eleito prefeito de Porto Alegre

Candidato do MDB derrotou Manuela D’Ávila no segundo turno com pouco mais de 54,5% dos votos válidos
29/11/2020 - 18h:52min - Fonte: Correio do Povo

Um velho conhecido estará de volta ao Paço Municipal a partir de 1º de janeiro. Sebastião de Araújo Melo, de 58 anos, foi eleito neste domingo o futuro prefeito de Porto Alegre. O emedebista, ex-vice-prefeito e derrotado nas eleições de 2016, ele agora saiu-se vencedor no segundo turno contra Manuela D’Ávila (PCdoB) e governará a capital gaúcha pelos próximos quatro anos. 

A vitória foi confirmada por volta das 19h, quando, com 97,7% das urnas apuradas, Melo já tinha 54,58% dos votos válidos contra 45,42% da adversária, consolidando uma vantagem mantida ao longo do segundo turno. No primeiro, Melo já tinha virado, revertendo o prognóstico das pesquisas, e ficou em primeiro lugar, com 31% dos votos, enquanto Manuela teve 29%.  

Goiano de Piracanjuba e radicado há mais de 40 anos em Porto Alegre, Melo leva ao Paço a experiência de três mandatos na Câmara Municipal – onde chegou a ser presidente, em 2007 –, e do conhecimento que adquiriu quando foi vice-prefeito durante a gestão José Fortunati (2013-2016). Entre 2018 e 2020, ele foi deputado estadual.

Concorrendo pela segunda vez à Prefeitura, Melo enfim chega ao poder após ter construído uma aliança com a direita, numa guinada quando comparado às escolhas de quatro anos atrás, quando fez uma composição de centro-esquerda para se lançar. Desta vez, quem o acompanha na chapa é Ricardo Gomes (DEM), um vereador defensor das bandeiras liberais – em 2016, havia sido a deputada Juliana Brizola (PDT). 

Ao longo da campanha, Melo acabou tendo que encarar situações atípicas, como a de enfrentar o candidato que o derrotou quatro anos atrás e ter como rival aquele que foi seu colega de gestão, o ex-prefeito José Fortunati (PTB). Nos últimos dias do primeiro turno, porém, após uma denúncia de um candidato a vereador que apoiava Melo, a chapa de Fortunati foi indeferida e o petebista acabou declarando apoio a Melo. 

 

deixe seu comentário