Últimas Notícias

Rio Grande do Sul pode ter grande acumulado de chuvas nos próximos dias

As precipitações entre esta sexta e o sábado se concentram mais no Oeste, no Sul e no Centro do Estado com os maiores volumes previstos para o Oeste gaúcho
23/10/2020 - 14h:34min - Fonte: ASCOM - SEAPDR, MetSul

Os próximos sete dias poderão ter chuva significativa em diversas regiões do Rio Grande do Sul, de acordo com o Boletim Integrado Agrometeorológico nº 16/2020 divulgado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), em parceria com a Emater-RS e Irga.

Hoje, os acumulados de precipitação até o meio-dia, conforme dados das estações do Inmet e Cemaden, foram de 52 mm em Livramento, 50 mm em Rosário do Sul, 35 mm em Alegrete, 33 mm em Quaraí, Uruguaiana e Itaqui, 25 mm em Canguçu, 23 mm em São Gabriel, 19 mm em Dom Pedrito, Bagé e Santa Maria, 17 mm em Caçapava do Sul e em Camaquã, e 10 mm em Rio Grande. Em Porto Alegre, chuva muito leve era anotada ao meio-dia.

A MetSul Meteorologia projeta uma frente fria avançando pelo Rio Grande do Sul na segunda-feira e que deve trazer chuva para cidades em que a chuva falhar ou for muito pouca nesta sexta e no fim de semana.

Nesta sexta-feira (23/10) e sábado (24/10), ocorrerá maior variação de nuvens em todas as regiões e a presença de ar quente manterá as temperaturas elevadas, com possibilidade de pancadas isoladas de chuva entre a tarde e a noite. O domingo (25/10), será marcado pelo calor, com temperaturas acima de 33°C na maioria das localidades. A temperatura deverá superar 37°C na Fronteira Oeste, Missões e Alto Uruguai.

Na segunda (26/10), a propagação de uma frente fria provocará chuva em todo o Estado, com possibilidade de temporais isolados. Na terça (27/10) e quarta-feira (28/10), a entrada de uma nova massa de ar seco e frio afastará a nebulosidade e provocará diminuição das temperaturas, com valores abaixo de 10°C durante o período noturno.

Os totais previstos deverão oscilar entre 15mm e 30 mm na maior parte do Estado. Na Campanha e Fronteira Oeste, os índices oscilarão entre 35mm e 50 mm, podendo alcançar 60 mm em algumas localidades.

O boletim também avalia as condições atuais das culturas de trigo, cevada, soja, milho, alho, cebola, citros, figo, alfafa, pastagens e arroz. O documento completo pode ser consultado em www.agricultura.rs.gov.br/agrometeorologia.

deixe seu comentário