Economia

Auxílio Emergencial: Nascidos em setembro podem sacar benefício nesta quinta-feira

De acordo com a Caixa, 4 milhões de beneficiários nascidos em setembro do Ciclo 2 podem sacar valores de suas contas digitais
15/10/2020 - 11h:23min - Fonte: Caixa Notícias

A partir desta quinta-feira, 15 de outubro, a Caixa Econômica Federal realiza o pagamento do Auxílio Emergencial para novos beneficiários. Os nascidos em setembro podem realizar o saque em dinheiro dos valores referentes ao ciclo 2 de pagamentos.

Segundo a Caixa, foram creditados R$ 2,6 bilhões, que serão distribuídos entre 4 milhões de beneficiários. Confira o calendário de saques:

Como realizar o saque em espécie:

É preciso fazer o login no App CAIXA Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

Leia também: Como solucionar problemas com o aplicativo do Caixa Tem

O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui.

Atendimento:

Os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes CAIXA AQUI ou mesmo nas agências. A CAIXA reforça que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento. Todas as pessoas que comparecerem, de segunda a sexta, das 8h às 13h, serão atendidas no mesmo dia.

Saiba mais:

Confira no site da CAIXA alguns tutoriais de como receber e movimentar o Auxílio Emergencial no aplicativo CAIXA Tem:

http://www.caixa.gov.br/auxilio/tutoriais/Paginas/default.aspx

O Auxílio Emergencial será prorrogado?

A oposição anunciou um boicote às votações na Câmara dos Deputados até a medida provisória que prorroga o auxílio emergencial ser aprovada. O senador Humberto Costa (PT-PE) argumentou que o governo deixará a MP perder a validade por temer mudanças, como a manutenção do pagamento de R$ 600 e não mais R$ 300.

Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp sobre o auxílio.

Deputados e senadores apresentaram 262 emendas. A maioria para aumentar o valor e garantir o repasse das quatro parcelas residuais. O vice-líder do governo, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), citou a falta de dinheiro para o pagamento dos R$ 600 até o final do ano. A MP do auxílio emergencial tem validade até dezembro.

Clique aqui e saiba mais.

deixe seu comentário