Últimas Notícias

Pastor agride esposa em live por ficar incomodado com o ângulo da câmera "

A mulher estava ajudando o pastor Edson Araújo a arrumar a câmera para realizar o culto online; ele realizou uma transmissão ao vivo assumindo o erro de ter xingado a esposa e pediu perdão pelo erro
20/09/2020 - 08h:40min - Fonte: Com informações de Último Segundo

Sem saber que já a transmissão já estava ao vivo nas redes sociais, o pastor Edson Araújo, agrediu e xingou a sua esposa. Ela estava ajudando ele a arrumar os equipamentos para realizar a live e por que ele não estava satisfeito com a forma em que a câmera estava, ele xingou e agrediu ela. 

Após o ocorrido e por ter viralizado nas redes, o pastor da igreja Deus é Amor - São Paulo - pediu perdão esposa durante uma outra transmissão ao vivo. Em imagens compartilhadas no site O Fuxico Gospel, ele aparece ao lado da mulher identificada apenas como Débora. Edson divulgou que reconhece o erro e pediu desculpas aos seus familiares, seu pastor e implora o perdão dos internautas.

"Eu tenho certeza que estou me expondo aqui juntamente com a minha esposa e eu tenho certeza que nós vamos dizer aqui, aleluia, aos nossos irmãos, a real situação que ocorreu", disse.

Ele continua explicando: "Ontem nós estávamos em cima do horário de fazer o culto, e nós não tínhamos uma posição correta do equipamento, então eu simplesmente me levantei e fui tentar arrumar, e ai acabou derrubando outro aparelho de celular que faz a transmissão de hinos", explicou. "Então, acabou destruindo aquele aparelho e caiu no chão. Eu fui ali de uma forma imprudente, de um forma incorreta que não poderia agir daquela conduta e da forma que eu agi, eu direcionei uma palavra, nunca tivemos nenhum tipo de problema. Quatro anos que nós convivemos, estamos juntos e abraçando a obra do Senhor e por um momento, verdadeiramente pela minha falha, eu assumo publicamente o meu erro e ter direcionado uma palavra incorreta e imprudente. E uma atitude que não é cabível a minha pessoa e a minha índole", ressaltou.

"Eu quero aqui, de antemão, primeiro a Deus, eu quero pedir o meu perdão publicamente e perdão a minha esposa Débora, pela minha atitude, erro e falha. Quero pedir perdão para o meu pastor, Elias e a minha família e a dela e a todos os pastores que confiaram e permaneceram confiantes no meu trabalho".

Confira o vídeo de desculpa:

deixe seu comentário