Política

Proposta flexibiliza local de registro civil

Autor da proposta diz que pandemia de Covid-19 agravou problema enfrentado por usuário de cartórios
16/09/2020 - 15h:08min - Fonte: Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 3953/20 permite o registro de atos civis de pessoas físicas em qualquer cartório municipal.

A proposta, do deputado Adolfo Viana (PSDB-BA), altera a Lei dos Cartórios. Atualmente, a lei exige que atos civis como nascimento, casamento e óbito tenham as certidões feitas no cartório mais próximo do domicílio. O texto, que tramita na Câmara dos Deputados, permite o registro em qualquer cartório do município.

Segundo Viana, a pandemia de Covid-19 agravou problema enfrentado por usuário de cartórios. “Muitas vezes, em razão da densidade populacional da sua circunscrição, a concentração dos serviços num só local dificulta o atendimento pelo respectivo cartório”, disse.

Instalação da Comissão e Eleição do Presidente e dos Vice-Presidentes. Dep. Adolfo Viana (PSDB-BA)

Para Adolfo Viana, proposta vai favorecer a capilaridade do sistema e a difusão do atendimento. Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

Viana afirmou que a redação atual da lei submete os cidadãos às dificuldades geradas pelo monopólio cartorial. “O modelo atual, fundado no princípio da territorialidade, não é capaz de solucionar o problema daqueles usuários que buscam atendimento mais célere”. Para o deputado, a proposta vai favorecer a capilaridade do sistema e a difusão do atendimento, de acordo com a escolha pelo usuário.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

deixe seu comentário