Economia

Auxílio Emergencial: Beneficiários passarão por auditoria do TCU a partir de outubro

Pente-fino do Tribunal de Contas da União deve excluir beneficiários que recebem o auxílio de forma irregular; veja o calendário
09/09/2020 - 21h:33min - Fonte: Com informações de Caixa e G1

A partir do mês de outubro, os beneficiários do Auxílio Emergencial passarão por nova auditoria. O novo "pente-fino" foi autorizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU nesta quarta-feira, 9 de setembro. Segundo o TCU, a revisão mensal da lista de beneficiário tem como o objetivo principal a exclusão de pessoas que estão recebendo valores indevidamento.

Esta revisão, por sua vez, seria iniciada em setembro mas, segundo o Ministério da Cidadania, precisou ser adiada após a pasta não apresentar condições de iniciar o recadastramento a tempo.

Uma das probabilidades é que sejam excluídas as pessoas que conseguiram um emprego formal durante o período de pagamento do Auxílio e pessoas que possuam qualquer tipo de irregularidade cadastral.

Na última auditoria realizada pelo órgão, o TCU apontou que mais de R$42 bilhões de reais foram pagos indevidamente. Segundo o Ministério da Cidadania, este valor representa o custo aproximado mensal do programa, que varia entre R$40 e R$51 bilhões.
 

Novas parcelas

Na última quarta-feira, dia 2 de setembro, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (Democratas), participou do programa Brasil Urgente da rede Bandeirantes, e falou sobre os novos pagamentos do Auxílio EmergencialEm entrevista conduzida pelo jornalista José Luiz Datena, o ministro falou sobre operação contra fraudes no auxílio e sobre a possibilidade que todos os fraudadores terão de devolver o dinheiro.

Segundo Lorenzoni, será oferecida por parte do Governo uma oportunidade para todos aqueles que fraudaram ou receberam o benefício indevidamente devolvam estes valores. Desta forma, o cidadão não terá seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) enviado para a Receita Federal e, consequentemente, bloqueado para futuras transações e operações.

Curta a página do Clic Camaquã no Facebook e saiba tudo sobre os próximos pagamentos do Auxílio Emergencial.

Ele também falou sobre os calendários de pagamento do auxílio atuais e sobre os quatro pagamentos de R$300 que serão feitos após o pagamento da quinta parcela de R$600.Assista a entrevista completa a partir de 1h27min de transmissão:

Os beneficiários recebem as parcelas de acordo com o mês de nascimento. Em um primeiro momento, o dinheiro fica disponível apenas para pagamentos de contas e compras por meio do cartão virtual.

Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp sobre o auxílio.

Confira os últimos número do Auxílio Emergencial divulgados pela Caixa:

O saque e transferência só serão liberados mais tarde, confira abaixo os calendários

Crédito na Poupança Social

  • 02/09 - Nascidos em Fevereiro vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 04/09 - Nascidos em Março vão receber 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 09/09 - Nascidos em Abril vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 11/09 - Nascidos em Maio vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 16/09 - Nascidos em Junho vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 18/09 - Nascidos em Julho vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 23/09 - Nascidos em Agosto vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 25/09 - Nascidos em Setembro vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 28/09 - Nascidos em Outubro vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 28/09 - Nascidos em Novembro vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 30/09 - Nascidos em Dezembro vão receber a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;

Confira quem pode sacar

  • 01/09 - Nascidos em Agosto podem sacar a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela;
  • 05/09 - Nascidos em Setembro podem sacar a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela;
  • 12/09 - Nascidos em Outubro podem sacar a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela;
  • 12/09 - Nascidos em Novembro podem sacar a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela;
  • 17/09 - Nascidos em Dezembro podem sacar a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela;
  • 19/09 - Nascidos em Janeiro podem sacar a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 22/09 - Nascidos em Fevereiro podem sacar a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  • 29/09 - Nascidos em Março podem sacar a 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela;
  

Como fazer o saque do benefício? 

Para sacar os R$600,00 em alguns dos locais citados acima, basta entrar no aplicativo Caixa Tem, fazer o login, selecionar a opção ‘saque sem cartão’ e gerar ‘código de saque’. Em seguida o beneficiário deve inserir a senha para poder ver o código na tela do celular, mas atenção, o código tem espira em uma hora.

Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp sobre o auxílio.

Como realizar o saque em espécie

É preciso fazer o login no App CAIXA Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui.

Cartão de débito virtual

Com o Cartão de Débito Virtual CAIXA é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados.  

Para utilizar o cartão, o beneficiário precisa gerá-lo. Depois, entrar no aplicativo e acessar o ícone Cartão de Débito Virtual. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do CAIXA Tem. Em seguida, aparecerão os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade do cartão, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em “gerar”. Pronto. O cartão está disponível. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código.

Clique aqui e saiba como resolver problemas no Caixa Tem.

Pagamento nas maquininhas

Além da possibilidade de uso do cartão de débito virtual, disponível para compras online, o CAIXA Tem oferece a opção “Pague na maquininha”, forma de pagamento digital que pode ser utilizada nos estabelecimentos físicos habilitados. É uma funcionalidade por leitura de QR Code gerado pelas maquininhas dos estabelecimentos e que pode ser facilmente escaneado pela maioria dos telefones celulares equipados com câmera. 

Quando o cliente seleciona a opção “Pague na maquininha”, no aplicativo, automaticamente a câmera do celular é aberta. O usuário deve então apontar o telefone para leitura do QR Code gerado na maquininha do estabelecimento.

Saiba mais

Confira no site da CAIXA alguns tutoriais de como receber e movimentar o Auxílio Emergencial no aplicativo CAIXA Tem:

http://www.caixa.gov.br/auxilio/tutoriais/Paginas/default.aspx

deixe seu comentário