Economia

TST marca audiência de conciliação e greve dos Correios pode chegar ao fim

Audiência de conciliação foi marcada para o dia 11 de setembro, às 15h, entre os trabalhadores dos Correios e a direção da ECT
09/09/2020 - 11h:05min - Fonte: Com informações de Fentect e Correios

Nesta terça-feira, 8 de setembro, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT) emitiu nota falando sobre possível conciliação e, consequentemente, o fim da greve dos Correios. Segundo a nota, a ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Kátia Arruda, por meio de despacho, marcou uma audiência que pode trazer um acordo entre o Sindicato e a diretoria dos Correios.

Confira a nota completa:

"Hoje (8), a ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Kátia Arruda, por meio de despacho, marcou uma audiência de conciliação para o dia 11 de setembro, às 15h, entre os trabalhadores dos Correios e a direção da ECT. A intenção é chegar a uma solução negociada para o conflito que está estabelecido desde o dia 17/08, com o início da greve dos trabalhadores por manutenção do seus direitos que chega ao 22º dia.

A FENTECT desde o início se colocou a disposição para o diálogo e negociação, porém a política do general Floriano Peixoto de inflexibilidade e retirada de direitos não permitiu que chegássemos a um acordo. A GREVE continua forte e a FENTECT orienta os sindicatos e trabalhadores continuarem intensificando enquanto não tivermos uma proposta de manutenção dos nossos direitos apontada no horizonte.

A FENTECT participará da reunião marcada pela ministra Kátia Arruda, com espírito de boa fé e disposição para negociação tendo como pilares centrais a manutenção de todos os direitos que a direção da ECT insiste em retirar. Nossa luta ainda não acabou e o tamanho da nossa vitória estará em nossa disposição de lutar por ela. Mais informações acompanhe nossos canais de notícias e fique sempre atualizado!"

Em nota emitida no final de agosto, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) lamentou o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que manteve a retirada de 70 cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho entre eles e a diretoria dos Correios.

Também em agosto, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deu início a privatização dos Correios, homologando o consórcio Postar como vencedor do processo de seleção para realização dos estudos que indicarão alternativas de parceria com a iniciativa privada para gestão do serviço postal no Brasil. Clique aqui e saiba mais.

Para mais informações, os clientes podem entrar em contato pelo telefone 0800 725 0100 ou pelo endereço https://apps2.correios.com.br/faleconosco/app/index.php

deixe seu comentário