Esporte

MESSI FICA: Após reunião, Lionel Messi define que ficará no Barcelona, afirma jornal

Segundo jornal, Messi fica no Barcelona na próxima temporada após reunião entre seu pai e o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu
04/09/2020 - 13h:07min - Fonte: Com informações de TyC Sports, Wikipédia e Goal

"Se queda!" Esse é o título da matéria do TyC Sports afirmando que Lionel Messi ficará no Barcelona para a próxima temporada. A mudança de ideia aconteceu depois de uma reunião entre seu pai Jorge e o presidente Josep María Bartomeu.

Pelo Twitter, o jornalista Marcelo Bechler, correspondente do Esporte Interativo e da Rádio Itatiaia que escreve para o portal Lancenet também falou sobre a situação de Messi:

Lionel Messi seguirá em Barcelona até 30 de junho de 2021 , data em que termina seu contrato, de acordo com a publicação do TyC Sports. Embora tenha enviado comunicado para executar a cláusula de rescisão unilateral, mudou de ideia e não quer sair no meio de um escândalo jurídico do clube de sua vida.

Por isso, em instantes comunicará oficialmente sua decisão com um vídeo gravado. No momento, a informação é que equipes estão traduzindo para diferentes idiomas, uma vez que será publicado em 127 países simultaneamente. 

O astro argentino de 33 anos decidiu continuar por mais uma temporada para evitar ter que ir aos tribunais, algo que também pode ter significado uma dor de cabeça para seu novo destino hipotético, que parecia ser o Manchester City . Isso aconteceu depois de uma reunião na terça-feira entre seu pai Jorge e o presidente Josep María Bartomeu .

Ainda de acordo com o TyC Sports, na manhã desta sexta-feira, teve uma primeira comunicação do Messi contra o que foi anteriormente afirmado pela La Liga , na qual foi relatado que eles desconhecem a existência de uma cláusula de rescisão de € 700.000.000 em vigor durante a última temporada. Na mesma, por sua vez, a entidade organizadora foi acusada de "parcialidade" a favor do clube.

O que Lionel Messi dirá no anúncio sobre sua continuidade em Barcelona
 
 

Leo Messi, a lenda viva

Lionel Andrés Messi Cuccittini (Rosário, 24 de junho de 1987) é um futebolista argentino que atua como atacante. Atualmente joga pelo Barcelona e pela Seleção Argentina, onde é capitão por ambos.

Messi é frequentemente considerado o melhor jogador do mundo e é amplamente considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos. Na opinião da grande maioria dos especialistas do esporte, sua qualidade técnica, jogadas, velocidade, habilidade na perna esquerda, trabalho de equipe e extraordinária vocação para o gol, o tornam um dos melhores futebolistas de todos os tempos.

Os especialistas desde já o comparam aos grandes nomes da história do futebol, alguns o colocando até como o melhor jogador de todos os tempos, como disseram RonaldinhoRooneyJordi AlbaXaviIniestaHazardArthur MeloThiago SilvaFrenkie De JongGündoğan, os técnicos Arsène WengerPep GuardiolaJürgen KloppGennaro Gattuso e muitos outros.

Messi possui um recorde de seis prêmios Ballon d'or/Melhor Jogador do Mundo da FIFA, quatro dos quais ele ganhou consecutivamente, um recorde de seis Chuteiras de Ouro, além de ser o primeiro jogador de futebol a vencer o Prêmio Laureus de melhor atleta do ano em 2020. Ele passou toda a sua carreira profissional no Barcelona, ​​onde é o maior goleador do clube e recordista de troféus, conquistando 34 troféus, incluindo dez títulos do Campeonato Espanhol, quatro títulos da Liga dos Campeões e seis Copas da Espanha.

Um goleador prolífico e um craque criativo, Messi detém o recorde de mais gols pelo Campeonato Espanhol (441), mais gols marcados em uma única edição do Campeonato Espanhol (50), mais hat-tricks na Liga dos Campeões (8), mais hat-tricks pelo Campeonato Espanhol (36), maior assistente do Campeonato Espanhol (193), maior assistente da Copa América (12) e futebolista com mais gols em um único ano (91). Ele marcou 700 gols na carreira pelo clube e seleção.

Nascido e criado em Rosário, na Argentina, Messi foi diagnosticado com uma deficiência do hormônio do crescimento quando criança, então com 13 anos, se mudou para a Espanha para ingressar no Barcelona, que concordou em pagar por seu tratamento médico. Pelo Barcelona, Messi fez sua estreia aos 17 anos em outubro de 2004.

Estabeleceu-se como jogador integral do clube nos próximos três anos. Pela sua primeira grande temporada em 2008-09, ele ajudou o Barcelona a alcançar a primeira tríplice coroa do futebol espanhol; naquele ano, com 22 anos, Messi ganhou seu primeiro Ballon d'Or. Três temporadas de sucesso se seguiram, com Messi vencendo três Ballons d'Or consecutivos, incluindo um quarto sem precedentes.

Durante a temporada 2011-12, ele estabeleceu o recorde de mais gols marcados em uma única temporada pelo Campeonato Espanhol e mais gols marcados em uma única temporada europeia, enquanto se estabeleceu como o maior goleador de todos os tempos do Barcelona. Nas duas temporadas seguintes, Messi terminou em segundo lugar no Ballon d'Or, atrás de Cristiano Ronaldo, seu principal rival na carreira. Messi recuperou sua melhor forma durante a temporada 2014-15, tornando-se o maior goleador de todos os tempos do Campeonato Espanhol e levando o Barcelona a uma segunda tríplice coroa, após o qual ele recebeu o quinto Ballon d'Or em 2015. Messi se tornou capitão do Barcelona em 2018 e em 2019 recebeu o sexto Ballon d'Or, estabelecendo-se como o maior vencedor do prêmio.

Pela Seleção Argentina, Messi é o maior goleador de todos os tempos. No nível Sub-20, ele venceu a Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2005, terminando o torneio com a Bola de Ouro e Chuteira de Ouro, e venceu também uma medalha de ouro olímpica nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008. Seu estilo de jogo e seus dribles com o pé esquerdo gera comparações com seu compatriota Diego Maradona, que descreveu Messi como seu sucessor. Após sua estreia na seleção principal em agosto de 2005, Messi se tornou o mais jovem argentino a jogar e marcar um gol em uma Copa do Mundo (durante a edição de 2006) e chegou à final da Copa América de 2007, onde foi nomeado o melhor jovem jogador do torneio.

Após ser nomeado capitão da seleção em agosto de 2011, ele levou a Argentina a três finais consecutivas: a Copa do Mundo da FIFA 2014, pela qual ganhou o prêmio de melhor jogador, e as Copas América de 2015 e 2016. Após se frustrar na final da Copa América de 2016 ele anunciou sua aposentadoria internacional, mas reverteu sua decisão e qualificou seu país para a Copa do Mundo da FIFA 2018 e conseguiu o terceiro lugar na Copa América de 2019.

Um dos atletas mais famosos do mundo, Messi é patrocinado pela empresa de roupas esportivas Adidas desde 2006 e desde então, se estabeleceu como o principal endossador. De acordo com a France Football, Messi foi o jogador mais bem pago do mundo em cinco dos seis anos entre 2009 e 2014, e foi classificado como o atleta mais bem pago pelo mundo pela Forbes em 2019. Ele estava entre as 100 pessoas mais influentes da Time no mundo em 2011 e 2012.

deixe seu comentário