Economia

Auxílio Emergencial já foi pago para 19 milhões de beneficiários do Bolsa Família

Até o momento, beneficiários cadastrados no Bolsa Família já receberam R$ 75,9 bilhões
01/09/2020 - 17h:29min - Fonte: Com informações de Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal já disponibilizou as cinco parcelas do Auxílio Emergencial para os 19,2 milhões de beneficiários elegíveis do Bolsa Família. No total, foram R$ 75,9 bilhões em mais de 96 milhões de pagamentos para este público. 

O maior programa de transferência de renda da história do país já pagou R$ 184,6 bilhões para 67,2 milhões de brasileiros. Foram 261,9 milhões de pagamentos. “A diferença entre o número de pagamentos e beneficiários ocorre porque as parcelas foram pagas de acordo com a aprovação dos cadastros, em tempos diferentes”, explica do presidente da CAIXA, Pedro Guimarães. “É importante ressaltar que todos vão receber as cinco parcelas a que têm direito”, completa. 

Além dos beneficiários do Bolsa Família, outros 2,5 milhões de brasileiros cadastrados pelo App/Site do Auxílio Emergencial e CadÚnico já receberam a quinta parcela, somando R$ 1,6 bilhão liberados. Ao todo, somando esses beneficiários e os do Bolsa Família, 21,7 milhões de pessoas já receberam cinco parcelas do Auxílio Emergencial, num total de R$ 16,8 bilhões. 

 

Balanço 

A CAIXA já processou 109,1 milhões de cadastros para o Auxílio Emergencial. Foram 1,67 bilhão de visitas ao site criado para o programa; mais de 116 milhões de downloads do App Auxílio Emergencial; mais de 473 milhões de ligações para central telefônica 111 e cerca de 220 milhões de downloads do aplicativo CAIXA Tem.  

O banco publica as atualizações diárias de números referentes ao pagamento do Auxílio Emergencial no link: https://caixanoticias.caixa.gov.br/. 

Veja mais detalhes dos pagamentos nos quadros abaixo: 

 

Auxílio Prorrogado

Através de pronunciamento na manhã desta terça-feira, 1º de setembro, o presidente Jair Messias Bolsonaro anunciou a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais quatro parcelas de R$300. Segundo o presidente, as parcelas serão pagas em quatro meses: outubro, novembro, dezembro e janeiro.

Com isso, cada trabalhador aprovado no programa terá recebido, ao final dos pagamentos, R$ 4,2 mil: cinco parcelas de R$ 600, e quatro parcelas de R$ 300. O valor dobra no caso de mães que são chefes de família. 

Clique aqui para conferir o pronunciamento e a matéria completa.

deixe seu comentário