Região

Semana terá frio e neve no Rio Grande do Sul, aponta IRGA

Segundo o IRGA, o frio será agudo e úmido, gerando o mais intenso episódio de neve em sete anos; há possibilidade de alguns flocos na região de Canguçu
17/08/2020 - 16h:34min - Fonte: IRGA, MetSul Meteorologia

A chuva retornou ao Rio Grande do Sul após um decêndio com tempo seco e temperaturas elevadas. O acumulado alcançou 100 milímetros em Redentora e 85mm em Horizontina, Santa Rosa e Erechim. Apesar do acumulado elevado na Metade Norte, as áreas produtoras majoritárias de arroz do RS receberam acumulados muito baixos. Ao longo da fronteira com o Uruguai, choveu menos de 5mm.

Nesta segunda (17), o dia amanheceu frio com mínima de 2°C em Alegrete, 0,5°C em Dom Pedrito e -2°C em Quaraí. No decorrer da semana, a chuva retornará ao Rio Grande do Sul, porém mais uma vez será mais sentida na Metade Norte do Estado. Na fronteira com o Uruguai, mal irá chover.

Além disso, o frio será agudo e úmido, gerando o mais intenso episódio de neve em sete anos. Há possibilidade de alguns flocos na região de Canguçu, mas a precipitação será mais generalizada desde Soledade até os Campos de Cima da Serra entre quinta-feira (20) e sábado (22).

A temperatura voltará a declinar na segunda metade da semana, com mínimas entre -3°C e 3°C. As geadas serão mais intensas no Oeste do Estado, área que permanecerá com tempo seco. Na segunda metade da semana que vem, o destaque será o retorno da chuva ao Rio Grande do Sul.

Massa de ar polar

Massas de ar frio fortes ocorrem virtualmente quase todos os anos no Sul do Brasil, mas esta será excepcionalmente forte e abrangente para a segunda metade do mês de agosto. A queda da temperatura será sentida a partir da quarta-feira no Rio Grande do Sul e entre quinta e sexta-feira será percebida nas demais regiões brasileiras. A quinta, a sexta e o começo do sábado serão dias de muito frio no Sul do Brasil.

Como a massa de ar será por demais gelada, é comum que chegue com vento moderado a forte que vai trazer sensação térmica com valores muito baixos, negativos em muitas localidades. 

Uma baixa polar em níveis médio da atmosfera vai atuar sobre o Sul do Brasil. Isso irá fazer com que haja nebulosidade e instabilidade com ar muito gelado em altitude, o que na análise da MetSul traz uma altíssima probabilidade de ocorrência de neve no Sul do país. Todos os modelos numéricos consultados pela MetSul apontam neve entre quinta-feira e sábado. Se há certeza do frio intenso e quase convicção que pode nevar, a dúvida no momento é onde e o quanto pode nevar.

A cada rodada, e a cada modelo, as projeções de neve são diferentes e variam bastante. Ora, muito mais abrangente e ora mais limitada aos locais tradicionais do fenômeno como os Aparados da Serra e o Planalto Sul Catarinense. O que chama atenção, porém, é que diversos modelos e em diversas rodadas de hoje e dos últimos dias indicaram que pode nevar de forma mais abrangente e em locais pouco acostumados a ver neve ou que não testemunham o fenômeno por décadas.

 

CONFIRA A PREVISÃO PARA AS SEIS REGIONAIS

Fronteira Oeste

Apesar da passagem de frentes frias, o tempo permanecerá seco na Fronteira Oeste nesta semana. A temperatura máxima chega aos 20°C nesta terça-feira (18), mas volta a declinar posteriormente chegando a 2°C na sexta-feira (21). Os ventos alcançam 60km/h na quarta-feira (19) e a chuva retornará apenas em meados da semana que vem.

Campanha

Apesar da passagem de frentes frias, o tempo permanecerá seco na Campanha nesta semana. A temperatura máxima chega aos 20°C nesta terça (18), mas volta a declinar posteriormente chegando a 0°C na sexta-feira (21). Os ventos alcançam 45km/h na quarta-feira (19) e a chuva retornará apenas em meados da semana que vem.

Central

Uma frente fria traz chuva com baixo acumulado à Região Central com valor inferior a 5mm. A temperatura máxima alcança 20°C na tarde desta terça-feira (18), mas declina para apenas 2°C na sexta-feira (21) que vem. As rajadas de vento alcançam 35km/h na quarta-feira (19).

Planície Costeira Interna

A chuva retorna à Planície Costeira Externa entre terça (18) e quarta-feira (19) e entre a sexta-feira (21) e o sábado (22), com acumulado em torno dos 5mm na soma dos dois eventos. As rajadas de vento alcançam 45km/h na quarta-feira. A temperatura máxima chega aos 20°C nesta terça-feira, mas despencam posteriormente e a mínima alcança 3°C na sexta-feira.

Planície Costeira Externa

A chuva retorna à Planície Costeira Externa entre terça (18) e quarta-feira (19) e entre a sexta-feira (21) e o sábado (22), com acumulado em torno dos 20mm na Região Metropolitana de Porto Alegre e de até 25mm no Litoral Norte do Estado na soma dos dois eventos. As rajadas de vento alcançam 60km/h na quarta-feira. A temperatura máxima chega aos 20°C nesta terça-feira, mas despencam posteriormente e a mínima alcança 6°C na sexta-feira.

Zona Sul

A passagem de uma frente fria traz chuva fraca na quinta-feira (20) à Zona Sul. Nas áreas mais elevadas, como Canguçu, há risco de neve. A temperatura máxima chega aos 20°C na terça-feira (18), mas volta a declinar posteriormente alcançando 1°C no próximo sábado (22). As rajadas de vento alcançam 45km/h entre quarta (19) e quinta-feira. Na segunda metade da semana que vem, há previsão de chuva mais intensa.

deixe seu comentário