Moda e Beleza

Cabeleireira Leila da vida real agradece por vídeo viral: 'Meus filhos me explicaram o que é um meme'

Ela passou a receber mensagens todos os dias após o meme do humorista Eduardo Sterblitch; salão fictício não tem relação alguma com o salão da vida real
29/07/2020 - 20h:02min - Fonte: G1

“Cabeleileila Leila. Cabelos, unhas, hidratação e unhas. Cabeleleila Leila. Venha fazer suas unhas e seus cabelos”. Pronto, não tem mais volta: a propaganda do salão de beleza fictício, o mais novo hit da web, já está na sua mente. Apesar de o vídeo humorístico não ter relação com qualquer estabelecimento comercial, a "Cabeleireira Leila" de São Roque (SP), da vida real, se divertiu com o meme e o viu como uma "bênção" em meio ao período difícil de pandemia.

O vídeo feito com fotos de arquivo foi criado pelo humorista Eduardo Sterblitch e veiculado nas lives do “Sterblircth Não Tem um Talk Show: o Talk Show”, nas redes sociais.

Aos 48 anos, Leila de Paula Santos Araújo, proprietária de um comércio familiar, atua há 21 anos no ramo. Ela contou ao G1 que há uma semana é mencionada na internet ou recebe vídeos do meme todos os dias

“Sou meio caipirona e não tinha ideia do que estava acontecendo. Meus filhos me explicaram o que é um meme e vejo como uma bênção. Em uma época que a gente está passando, de pandemia, e o pessoal está abalado, é muito legal e a criatividade é algo interessante”, diz

Se na criação de Sterblitch o estabelecimento é gerenciado por Leila e seu sobrinho-neto Luiz Cláudio, na família da empresária de São Roque quase todos são do ramo da beleza e estética. Clique aqui e assista a reportagem com a empresária.

“Já chegamos a trabalhar em nove pessoas aqui no salão, mas hoje somos cinco. Tudo começou comigo e meus irmãos, e filhos embarcaram nessa também e se profissionalizaram”, explica.

O primeiro salão de Leila foi atrás de casa. Contudo, o negócio deu tão certo que os cômodos na parte da frente da residência tiveram que ser adaptados para que a família trabalhasse.

“Meu filho é barbeiro e a minha filha se formou em estética. Tenho também outros dois sobrinhos no Rio de Janeiro, que também são da área. É um negócio em família.”

Para fazer a foto da reportagem ela chamou a sobrinha para fazer figuração de cliente, já que o salão estava fechado por conta da pandemia de Covid-19.

A partir desta quarta-feira (29), no entanto, a prefeitura de São Roque liberou o funcionamento de salões de beleza e cabeleireiros. Mas a cabeleireira disse que vai terminar de preparar o salão para receber os clientes.

deixe seu comentário