Campo em Dia

Expointer é cancelada em virtude da pandemia de coronavírus

Decisão foi tomada após reunião entre organizadores na tarde desta quinta-feira (2)
Por: Elias Bielaski | Publicado: 02/07/2020 às 00:00 | Alterado: 22/04/2021 às 11:06 | Fonte: Correio do Povo, GaúchaZH
Foto: Expointer / Divulgação
Foto: Expointer / Divulgação

A edição de 2020 da Expointer foi cancelada em função da propagação do coronavírus. A decisão foi tomada após reunião da tarde desta quinta. O governo do Rio Grande do Sul deve publicar uma nota oficializando a decisão.

No dia 18 de junho, a feira já havia sido remarcada para 26 de setembro. No entanto, a indefinição em relação ao avanço da Covid-19 no Estado levou o Executivo a cancelar o evento. 

O entendimento das entidades foi de que, mesmo assim, seria bastante complicado colocar a feira de pé. Por questões de segurança e também  operacionais. Naquele período, estará em andamento a temporada de remates de primavera, que concentra a venda de reprodutores nas propriedades. E também coincide com o início da plantio da safra de verão, o que seria um empecilho à participação de agricultores, público importante para o setor de máquinas agrícolas.

Participam da reunião Federação da Agricultura do Estado, Federação dos Trabalhadores na Agricultura, Organização das Cooperativas, Sindicato das Indústrias de Máquinas, Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça e prefeitura municipal de Esteio.

 

 

Nota oficial - Expointer 2020

 

As entidades copromotoras da Expointer 2020 – Farsul, Ocergs, Simers, Fetag, Febrac e o município de Esteio, em conjunto com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), vem a público comunicar que, de comum acordo, decidiu-se pelo cancelamento do histórico evento aberto ao público no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio-RS, em função da pandemia causada pela Covid-19.

 

Ao mesmo tempo, registra-se que provas técnicas de associações de produtores e atividades de julgamento de animais serão prioritariamente consideradas, observados os protocolos de saúde pública e sem a participação de público visitante.

 

Por fim, salienta-se que a decisão se fundamenta em critérios de adequação às normas sanitárias, ao tempo em que se reafirma a importância do evento agropecuário para a sociedade gaúcha.

 

Esteio, 2 de julho de 2020.

 

- Luis Antônio Covatti, secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural
- Gedeão Pereira, presidente da Farsul
- Vergilio Perius, presidente da Ocergs
- Cláudio Bier, presidente do Simers
- Carlos Joel da Silva, presidente da Fetag
- Leonardo Lamachia, presidente da Febrac
- Leonardo Pascoal, prefeito de Esteio

 

deixe seu comentário