Esporte

Luta que marcou o mundo do boxe nos anos 90, Tyson vs Holyfield pode se repetir

Iron Mike publicou imagens onde mostra que está em boa forma, e o rival fez o mesmo. Os dois já falaram que podem voltar aos ringues, e os fãs querem uma terceira luta
15/05/2020 - 12h:47min - Fonte: Globo Esporte, Novo Momento

Vamos ter uma reprise da maior luta do final do século XX? Aquela que mostrou a queda do último fenômeno do box? Parece que vai rolar sim. Após Mike Tyson declarar sua preparação para a volta aos ringues, no auge de seus 53 anos, Evander Holyfield também sinalizou possível retorno. O norte-americano, 57, já considera um possível terceiro embate contra Tyson.

No dia 11 de maio, o ex-pugilista Mike Tyson, de 53 anos, postou um vídeo treinando pesado e animou seus fãs. Ele esquentou os rumores de uma possível volta aos ringues desde que anunciou em uma live que quer fazer combates beneficentes para ajudar moradores de rua e dependentes de drogas. Um de seus maiores rivais, Evander Holyfield, que tem 57 anos, também disse que gostaria de voltar e, nesta quarta-feira, publicou um vídeo de um treinamento onde mostra que está em boa forma.

- Estou de volta - fala Holyfield no vídeo.

Evander Holyfield quer voltar ao boxe aos 57 anos — Foto: Reprodução

Evander Holyfield quer voltar ao boxe aos 57 anos — Foto: Reprodução

Obviamente, com os dois falando que querem voltar aos ringues e postando vídeos de treinamentos, os fãs estão se animando. Mike Tyson e Evander Holyfield já se enfrentaram duas vezes. Na primeira, em 11 de setembro de 1996, um verdadeiro massacre que terminou com Iron Mike nocauteado. Na segunda, em 28 de junho de 1997, nova vitória de Holyfield, só que, desta vez, por desclassificação, com Tyson arrancando um pedaço de sua orelha com uma mordida. Hoje, os dois se dão bem e são, inclusive, amigos.

Holyfield disse que sua preferência nessa volta seria enfrentar Riddick Bowe, bicampeão mundial que já foi seu adversário em outros tempos. "Eu e ele somos grandes amigos", disse. A rivalidade entre Tyson e Holyfield ficou cravada em 1997, numa luta em que Tyson mordeu a orelha de seu rival, arrancando um pedaço. Apesar disso, os atletas fizeram as passes e se encontraram diversas vezes recentemente.

A volta aos ringues dos ex-pugilistas têm um objetivo em comum: a causa social. Enquanto Mike Tyson que levantar fundos para ajudar viciados em drogas e moradores de rua, Holyfield apoia a campanha #Unite4OurFight, que ajuda estudantes em situação de risco em meio à pandemia do novo coronavírus. 

Assista a reportagem da TV RIT Notícias:

deixe seu comentário