Variedades

Fotos mostram água "cristalina" na Laguna dos Patos, em Arambaré

Registro foi feito por membros de grupo de mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Arambaré e mostra diversas variedades de peixes e organismos na Laguna; confira
Por: Elias Bielaski | Publicado: 22/04/2020 às 00:00 | Alterado: 22/04/2021 às 11:06
Foto: Bravos Arambaré
Foto: Bravos Arambaré

Durante o feriado de Tiradentes, neste dia 21 de abril, uma série de imagens chamou a atenção dos internautas da região. O registro foi feito por membros de grupo de mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Arambaré.

Pelas redes sociais, foram centenas de compartilhamentos das imagens que mostram a água limpa e "cristalina" da Laguna dos Patos, em Arambaré. Além disso, é possível notar a presença das mais diversas espécies de peixes na verde praia da lagoa.

Recentemente, a Laguna dos Patos havia sido palco de um fenômeno raro (veja abaixo). 

Confira algumas das imagens disponibilizadas pela página Bravos Arambaré, no Facebook:

A imagem pode conter: planta, atividades ao ar livre, natureza e água

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

A imagem pode conter: planta

A imagem pode conter: nadando e água

A imagem pode conter: planta e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: atividades ao ar livre e água

 

Recuo da Lagoa

Durante a manhã desta sexta-feira (3), a internauta Ângela Nunes compartilhou com a reportagem do Clic as imagens do recuo da Lagoa dos Patos, em São Lourenço do Sul. As imagens foram gravadas no começo da manhã na Praia das Nereiras e mostram recuo de pelo menos 100 metros em alguns pontos.

De acordo com o professor do Instituto de Oceanografia da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), Lauro Calliari, o "recuo" da lagoa não é um fenômeno tão frequente, mas pode ocorrer em função da intensidade dos ventos  dos quadrantes oeste e sudoeste.

Assita o vídeo, disponível nas fanpages do Clic no Facebook:

O Diário Popular, de Pelotas, também registrou situação semelhante ocorrida em 2017 na Praia do Laranjal, porém em menos intensidade, com a água recuando pouco mais de 15 metros.

De acordo com o portal G1, uma situação semelhante foi presenciada no dia 23 de outubro de 2012 por moradores da praia do Laranjal, em Pelotas. As rajadas de vento que ultrapassaram os 85 quilômetros por hora na cidade recuaram a Lagoa dos Patos. Em alguns pontos como no Trapiche, a água foi "empurrada" cerca de 100 metros, abrindo um clarão de areia na água.

Recuo Lagoa dos Patos (Foto: Antonio Peixoto Oliveira/RBS TV)

Lagoa dos Patos teria sido "empurrada" pela força dos ventos. Foto: Antonio Peixoto Oliveira/RBS TV
deixe seu comentário