Variedades

Centenas de pessoas participam da Parada da Luta LGBT+ em Arambaré

Primeira edição do evento contou com grande participação do público de toda a região, que movimento a cidade de Arambaré neste domingo (16)
17/02/2020 - 09h:30min - Fonte:
Anterior Próximo

Com o objetivo de trazer informações para a comunidade, a cidade de Arambaré recebeu a primeira Parada da Luta LGBT+ neste domingo (16). O evento proporcionou diversão com a realização de vários shows e atividades como feira de artesanato, trio elétrico, shows musicais, apresentação de Drags Queen e caminhada na orla da lagoa durante a programação do evento.

O evento foi o segundo ocorrido na Costa Doce. O primeiro ocorreu no dia 6 de outubro de 2019, na cidade de Tapes. Em Arambaré, foram centenas de participantes de diversas cidades que movimentaram a cidade.

86718331-728997204505723-7720304938349232128-n

"Estamos com o Apoio da ONG Desobedeça de Porto Alegre e o Grupo Aliança LGBTI+ RS, o qual Roberto Seitenfus é atual presidente e organizador da Parada de Luta de Porto Alegre, além de diversas paradas pelo interior do estado do RS.", informou Verônica Gonçalves, que faz parte do Movimento LGBTI+ da Costa Doce.

 No dia 31 de janeiro, o programa Bom Dia Camaquã recebeu os organizadores do evento, que falaram sobre as atrações confirmadas e contaram um pouco mais sobre a programação. Confira a entrevsita completa a partir de 1h23min de transmissão:

 

Não há mais espaço para preconceito

No dia 14 de janeiro, o programa Bom Dia Camaquã recebeu a secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Desporto e Juventude de Arambaré, Maria José Mendes, conhecida carinhosamente como Zezé. A representante da pasta esteve no estúdio da ClicRádio para falar sobre as atividades culturais e turísticas da verde praia da Laguna dos Patos.

O destaque da programação da alta temporada, que se estende de dezembro de 2019 até março de 2020 é a primeira edição da Parada LGBT+ de Arambaré. O evento acontece no dia 16 de fevereiro e tem diversas atrações confirmadas. 

"Não há mais espaço para preconceito", afimou Zezé. Confira a entrevista completa a partir de 30min de transmissão:

deixe seu comentário