ClicRádio

Apps de rádio online ganham força

Emissoras tradicionais de todo o Brasil apostam nas rádios com conexão exclusiva pela internet
13/02/2020 - 14h:30min - Fonte: Exame

O rádio é um dos meios de comunicação mais antigos e tradicionais que pode existir. Há poucos anos, muitos diziam que esse tipo de mídia iria sumir, mas graças a criação da rádio online, as novas gerações estão podendo reinventá-la.

Um recente estudo feito pela Pew Research Center, nos EUA, mostrou que 61% dos americanos escutam rádios online através do streaming.

Isso é um dado que impressionou a todos, até porque, se você analisar os índices de audiência da televisão aberta no Brasil, eles vêm em queda drástica há alguns anos. Tanto é verdade que as principais emissoras estão investindo pesado no digital, tentando fazer com que o público mais jovem consuma seus conteúdos através de portais e áreas de membros.

Boa parte das emissoras de rádio tradicionais do Brasil já entendeu que migrar parcelas da sua programação para o online é extremamente necessário para que os índices de audiência se mantenham. A era digital pede isso!

 

A Rádio do Clic

O Clic Camaquã, que começou como um portal de notícias e que neste segmento, lidera com folga o número de acessos em toda a macrorregião, apostou nesta nova de tendência de mercado. A Clic Rádio é um sucesso e lidera, com folga, a audiência em todos os horários dos dois programas ao vivo pensados especialmente para os moradores da cidade e do interior.

O programa Bom Dia Camaquã, apresentado pelo jornalista Eduardo Costa, vai ao ar de segunda à sexta das 8h às 10h, trazendo convidados especiais, entrevistas exclusivas e todos os destaques da região.

As manhãs de sábado são dominadas pelo programa Controle Geral, apresentado pelo comunicador Alvorino Osvaldt. O tradicional programa que migrou da FM para a Clic Rádio é sucesso de audiência e traz a perfeita mistura entre o rádio tradicional e a modernidade da informação trazida aos usuários da internet.

A Clic Rádio está disponível como aplicativo para os usuários de Android e também no aplicativo RadiosNet para os usuários de iPhone. Na internet, é só acessar o portal do Clic Camaquã e entrar na aba da Clic Rádio para acompanhar toda a programação de onde quiser, precisando apenas de uma conexão com a internet.

 

Do tradicional para o digital

Como dito acima, boa parte das emissoras de rádio já compreendeu que o futuro está no digital. Então, tem investido pesado em mídias sociais e em aumentar a qualidade de seu streaming para conquistar e atrair o público mais jovem.

Na capital paulistana, por exemplo, emissoras como a Metropolitana FM, Band News, Globo News, 89 e diversas outras já deixam claro essa tendência. As transmissões, além de ocorrer em diferentes formatos, estão utilizando a renovação de canais.

Para um meio de comunicação que seria esquecido, esse tipo de ação tem feito com que ele ganhe vida novamente.

Diante desse novo cenário, criar uma rádio online tornou-se fundamental para alguns modelos de negócio que necessitam conquistar uma melhor aceitação por parte de seus ouvintes.

Inicialmente, o desafio diante da tecnologia parece enorme, no entanto, é muito mais simples do que você pode imaginar.

 

Os apps de rádio online ganham força

Hoje é possível escutar uma rádio online direto de aplicativos sem muita dificuldade. Para ajudar donos de web rádios, muitos sistemas de streaming disponibilizam planos compatíveis com App e que pode ser o grande diferencial de uma rádio online, pois são versáteis, facilmente instalados e com uma simplicidade na utilização por parte do usuário final.

Dificilmente, no cenário atual, uma pessoa compra um smartphone preocupada se ele tem antena FM (apesar de esse ser um item amparado por lei). Hoje, a crescente utilização de rádios online se dá pela utilização de aplicativos que conseguem se conectar e replicar a transmissão.

Pesquisas recentes apontam que a audiência através aplicativos para escutar rádios online aumentam cada vez mais. E esse contato com a audiência tem ido muito além das expectativas. Já há emissoras que visam a aproximação, então permitem interação, envio e sugestões, participação em promoções, recados e até mesmo, pedidos de música, através desses aplicativos.

deixe seu comentário