Polícia

Tentativa de homicídio assusta moradores do bairro Floresta

Os disparos aconteceram por volta das 21h30 da noite de quinta-feira (30)
Por: Renata Ulguim | Publicado: 31/01/2020 às 00:00 | Alterado: 22/04/2021 às 11:06

A noite de ontem, quinta-feira (30), foi de medo para os moradores do bairro Floresta, em Camaquã. Foi por volta das 21h30 da noite, que a comunidade se surpreendeu com o barulho de muitos tiros no local.

De acordo com informações apuradas até o momento, o motivo dos disparos de arma de fogo, foram decorrentes a uma tentativa de homicídio. Alguns moradores divulgaram em grupos de WhatsApp e em redes sociais, que ouviram pelo menos 12 disparos. 

Leia também: Coronavírus: Pelotas divulga suspeita de primeiro caso da doença

Além disso, um homem foi atingido por três tiros de raspão. Conforme informações preliminares e ainda não confirmadas pela Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Camaquã, a vítima foi identificada pelo apelido “Nego” e idade de 40 anos. Ele foi encaminhado para atendimento no Pronto Socorro do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA).

Ele recebeu atendimento e seu estado de saúde é estável, sem complicações. Atenderam a ocorrência, a Brigada Militar e o Serviço de Atendimento Móvel e de Urgência (Samu) de Camaquã. 

De acordo com informações divulgadas pela DPPA de Camaquã, as câmeras de segurança de uma residência flagraram toda a ação, sendo que havia quatro indivíduos armados que efetuaram disparos contra a vítima. Além disso, foi realizada a arrecadação de 6 estojos de munição 9mm que haviam sido recolhidas pelos familiares da vítima que já havia sido removido ao Hospital local. Foi feito levantamento fotográfico, a vítima foi atingida por três disparos, de raspão e logo após a alta hospitalar prestou depoimento.

Foi divulgada também a informação de que correu a prisão por cumprimento de mandado e lesão corporal de um homem, o qual não teve a identificação relevada e, que havia dado entrada no hospital com ferimento por arma de fogo na região maxilar, após atendimento médico foi encaminhado ao Presídio Estadual de Camaquã.

 

 

deixe seu comentário