Polícia

Celulares, facas e maconha são apreendidos no Presídio de Camaquã

A operação teve início às 7h da manhã desta terça-feira (14), no Presídio Estadual de Camaquã, com a participação do Grupo de Ações Especiais da Susepe
14/01/2020 - 12h:07min - Fonte:

Na manhã desta terça-feira (14), por volta das 7h, agentes penitenciários iniciaram operação Pente Fino no Presídio Estadual de Camaquã. A ação conta com a participação do Grupo de Ações Especiais da Susepe (GAES).

Além do GAES, participam agentes da casa prisional, da 5ª Delegacia Penitenciária Regional e da Agência de Inteligência Penitenciária (Aripen). No momento da operação diversos itens foram apreendidos, sendo eles: 41 celulares, dois simulacros de arma, dez facas artesanais, 17 baterias e 25 buchas de material semelhante à maconha.

Entenda

Para a Delegada Penitenciária da 5ª Região, Deisy Vergara, que está acompanhando a ação, essa revista é importante para a apreensão de materiais ilícitos, muitas vezes provenientes de arremesso para a casa prisional. “Esta é a primeira operação do ano nessa região e faz parte de uma série de ações para manutenção da ordem e disciplina no ambiente prisional gaúcho, além de buscar materiais proibidos”, afirmou.

 

Conforme o Secretário da Administração Penitenciária, Cesar Faccioli, essa operação integra a diretriz da Seapen e da Susepe, que é reforçar a presença do Estado por meio de ações sistemáticas que possam coibir e retirar a entrada de materiais proibidos nas casas prisionais. No ano de 2019, a Seapen e a Susepe realizaram uma operação a cada três dias nos estabelecimentos prisionais gaúchos.

Confira a entrevista realizada pela repórter Sabrina Borges, com a delegada da Penitenciária da 5ª Região - Deisy Vergara (a partir de 30min):

 

 

 

 

 

Whats-App-Image-2020-01-14-at-07-54-29

 

Whats-App-Image-2020-01-14-at-07-30-33

 

 

deixe seu comentário