Campo em Dia

Municípios da região contabilizam perdas com a estiagem

Coordenadores regionais dos gabinetes da deputada Silvana Covatti e do secretário Covatti Filho estão percorrendo a região coletando dados
13/01/2020 - 17h:32min - Fonte: Assessoria - Rodrigo Machado
Anterior Próximo

Os municípios da região estão contabilizando os prejuízos provocados pela seca. O impacto da falta de chuva na região deixou em alerta a equipe do gabinete da deputada estadual Silvana Covatti e do deputado federal e atual secretário de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do RS, Covatti Filho.

Nesta segunda-feira (13) o coordenador regional do gabinete da deputada, Rodrigo Warlet Machado juntamente com o coordenador regional da Secretaria de Agricultura do RS, Aníbal Ribas visitou as prefeituras da região. Em Cerro Grande do Sul os coordenadores estivam reunidos com o prefeito Sérgio da Costa e a vice-prefeita Marlene Heidrich, em Chuvisca o encontro foi com a secretária de Agricultura, Kaka Siemionko e o representante da Emater, Floriano Peixoto. Já em Dom Feliciano a reunião foi realizada com o secretário de Agricultura, Marco Tiska, o representante da Emater, Carlos Gonçalves e o presidente do Diretório Municipal do Progressistas, Elton Couto e em Camaquã, com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Lindomar Bergmann Duarte.

Segundo dados preliminares das prefeituras e Emater dos municípios, cerca de 50% da produção de tabaco foi perdida em Cerro Grande do Sul. Em Chuvisca, ao menos 40% da produção de tabaco, 50% de milho e 45% de feijão foram perdidas. Já Dom Feliciano a quebra na produção do tabaco é de cerca de 35%, estima-se que o prejuízo, considerando outras culturas, supere os R$ 60 milhões. "Os dados ainda são extraoficiais, mas são alarmantes", comenta Machado.

Além dos prejuízos provocados pela estiagem, foram abordados os problemas ocasionados pelas interrupções no fornecimento de energia elétrica. "Precisamos buscar uma solução para os problemas de fornecimento de energia, sabemos das dificuldades do Estado, mas os consumidores pagam pelo serviço prestado pela Ceee. Nossa intenção é, juntamente com as lideranças da região, construir uma solução viável e que atenda os consumidores", comenta Machado.

FOTOS: Fenômeno que deixa lagoa verde é recorrente e causado pelo calor 

 

Ainda nos encontros, os coordenadores alertaram os gestores sobre os editais que a Secretaria de Agricultura deve publicar na segunda quinzena de janeiro, entre eles, do Programa Bolsa Juventude Rural, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e de Sementes Forrageiras – Azevém. "Nossa intenção é alertar os gestores para ficarem atentos aos prazos", afirma Machado, destacando que a equipe da pasta está à disposição para auxiliar as prefeituras.

Nesta terça-feira (14) os coordenadores irão visitar outros municípios da região. 

deixe seu comentário