Política

Vereador afirma que armaram um circo na Sessão da Câmara

Vinícius Araújo falou sobre a aprovação do projeto dos aplicativos de mobilidade votado nesta segunda-feira
10/12/2019 - 11h:58min - Fonte: Sabrina Borges

Na manhã desta terça-feira (10), o vereador Vinícius Araújo esteve participando do programa Bom Dia Camaquã, apresentado pelo jornalista Eduardo Costa. Vinícius falou sobre o projeto dos aplicativos que foi votado na Sessão da Câmara de Vereadores que aconteceu durante a noite de ontem. 

De acordo com o vereador a Sessão foi bastante tumultuada. “Foi muito tumultuada mesmo, armaram um circo”, afirmou. “Ontem o que a gente viu ali foi um desrespeito com a comunidade camaquense”, comentou. 

Leia mais: Vereadores aprovam projeto que regulamenta transporte por aplicativos em Camaquã

Ele comentou que algumas pessoas da comunidade não entenderam o Projeto dos Aplicativos e, comentaram de forma errada nas redes sociais, que os aplicativos iriam acabar em Camaquã por culpa dos vereadores. “Olha pessoal, o aplicativo foi aprovado graças aos vereadores que votaram no projeto”, afirmou

De acordo com Vinicius existem vereadores que não queriam o desenvolvimento do projeto em camaquã. “Os vereadores que votaram contra queriam bagunça em camaquã, porque queriam um projeto sem regramento”, comentou. 

Leia mais: Vereadores votam emendas e projeto que trata do transporte por aplicativos em Camaquã

Segundo Vinicius, alguns motoristas de aplicativo estavam distribuindo cartões de visita, para serem chamados diretamente pelo seu número de telefone e não da forma correta que é pelo aplicativo. “Se chama pelo aplicativo no celular. Não se chama ligando pro cara, ou mandando mensagem particular, isso é irregular”, afirmou. 

O vereador comentou ainda, que a prática de chamar corrida sem ter certeza que o motorista está regulamentado, põe em risco a vida dos passageiros e que foi pensando nisso que se aprovou o projeto. “A partir de hoje a comunidade camaquense vai usar o aplicativo de forma mais segura”, finalizou.

Acompanhe a entrevista completa a partir dos 34min de transmissão: 

deixe seu comentário