Região

Avó afirma que lutou com rottweiler para tentar salvar neto em Sapiranga

Bebê de 1 anos e 3 meses foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital
09/10/2019 - 16h:01min - Fonte: Jornal NH

Em depoimento à Polícia Civil na noite desta terça-feira (9), a avó do menino de 1 ano e 3 meses que foi morto pelo cão da família no pátio de casa, conttou que luto com o animal para tentar salvar o neto. Apesar de ter conseguido separá-los, o menino não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital de Sapiranga.

O delegado responsável pela investigação, Clóvis Nei da Silva, explica que o depoimento da mulher ocorreu durante o último plantão da Delegacia e novos detalhes serão apurados.

A vó paterna de Otto Baum Zimmer Nascimento confirmou que o cahorro era da raça Rottweiler mas não confirmou se o animal era agressivo ou se já tinha tentado atacar outras pessoas. Ela contou que o cão conseguiu sair do canil e avançou contra ela e contra a criança. Neste momento, ela pegou o bebê no colo e o animal o atacou. Após soltar o menino, ela prendeu o cachorro novamente e entrou em contato com os serviços de urgência.

O delegado trata o caso como acidente com morte. A investigação também avaliará os resultados da perícia no local e pelo qual o corpo do bebê passou. O ferimento na avó também será avaliado.

O sepultamento da criança ocorreu na manhã desta quarta-feira (9), no Jardim da Memória, em Novo Hamburgo.

Leia mais: Criança morre após ser atacada por cachorro no Vale do Sinos

 

deixe seu comentário