Campo em Dia

Famílias de Cerro Grande do Sul recebem mapas para regularização fundiária de propriedades rurais

Georreferenciamento foi custeado por programa da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural
11/07/2019 - 17h:41min - Fonte: Assessoria - Rodrigo Machado

Nesta quinta-feira (11), 75 famílias de Cerro Grande do Sul receberam mapas de suas propriedades através do Programa de Levantamento, Cadastramento e Regularização Fundiária da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural. Ao todo, foram beneficiadas 310 famílias, cerca de 3.100 hectares, através de georreferenciado na área rural do município.

Participaram da entrega o prefeito Sergio Silveira da Costa, o chefe de gabinete do secretário Covatti Filho, Erli Teixeira, o assessor do secretário, Rodrigo Warlet Machado, o diretor do Departamento de Desenvolvimento Agrário, Flávio Smanioto,o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Valnur Curtinaz Ruszkowski, dos vereadores Liziane Schwalm e Alairto Raphaelli, representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, técnicos da Emater e da Secretaria de Agricultura do Estado. 

O programa prevê a realização oficinas e audiências públicas de divulgação nos municípios beneficiados. Após esta etapa, ocorreu levantamento topográfico georreferenciado das propriedades rurais, através do sistema de varredura o qual verifica todas as propriedades da região definida, independente do tamanho, das suas características e da situação documental.

A partir do levantamento, a empresa contratada elaborou o mapa de cada propriedade e fez o levantamento dos documentos que cada um possuía. Esses mapas estão sendo entregues gratuitamente aos beneficiários. Com os mapas em mãos, basta os proprietários buscarem a regularização junto ao Tabelionato. 

Segundo o assessor Rodrigo Warlet Machado, o georreferenciamento costuma ser a parte mais cara do processo de regularização, sendo integralmente pago pela Secretaria por meio do Programa. "Com a propriedade regularizada os produtores poderão acessar mecanismos oficiais de financiamento e serão oficialmente donos de suas propriedades", afirma Machado. 

rodrigo-machado-cerro-grande-do-sul

Essa etapa de georrefenciamento beneficia também os municípios de Barão do Triunfo, Mampituba e Caraá. "É um processo de inclusão social, onde agricultores poderão obter diversos benefícios e vantagens, fomentando a renda das famílias e o desenvolvimento da região", avalia Machado, destacando que a secretaria está atenta as demandas da comunidade e busca atendê-las.

deixe seu comentário