Polícia

Artista Plástica camaquense morre em acidente em São Paulo

Thiana Sehn Kawski se envolveu em um acidente neste domingo (04)
05/11/2018 - 11h:52min - Fonte:

A artista plástica camaquense Thiana Sehn Kawski faleceu neste domingo (04) em São Paulo aos 33 anos de idade, após ficar internada dois dias depois de sofrer um acidente, na quinta-feira (01), onde o veículo que ela dirigia chocou-se contra uma carreta.

Thiana foi encaminhada ao hospital, onde não resistiu aos ferimentos e teve morte cerebral confirmada. A previsão é de que o corpo chegue na noite desta segunda-feira (05) em Porto Alegre, de onde será conduzido até o Funerária Jardim para o velório.

 

Nascida em 1985, na cidade de Camaquã, interior do Rio Grande do Sul, mudou-se para Pelotas em 2003, onde estudou Técnico em Programação Visual no CEFET-RS (atual IFSul). Em 2008 mudou-se para a capital gaúcha, Porto Alegre, ampliou suas intenções na carreira artística. Neste mesmo ano deu início ao curso de Xilogravura, no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre com o gravador, pintor e desenhista Wilson Cavalcanti (Cava). No mesmo local, também estudou cerâmica com o ceramista Claudio Ely.

De 2008 a 2011, trabalhou com edição de arte, design gráfico e de embalagens. Em abril de 2011 passou a trabalhar em um longa de animação, As Aventuras do Avião Vermelho, desempenhando tarefas como calque, pintura e pintura de sombra.

Ingressou, em 2010 no bacharelado em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.

Em setembro de 2012, participou de dois workshops na Galeria Mamute: Direção de Arte Cinematográfica – Construindo o Visual do Filme, com Iara Noemi e Gilka Vargas e Direção de Fotografia Cinematográfica – A Direção de Fotografia e as Percepções do Mundo, com Bruno Polidoro. Em outubro do mesmo ano participou do workshop O Processo Criativo – Workshop de Estratégias e Estruturas Recorrentes, Módulo 2, com Charles Watson.

Em agosto e setembro de 2013, trabalhou no ateliê do escultor Felix Bressan, realizando atividades de corte, acabamento e montagem de escultura. Já em dezembro, ingressou no projeto artístico híbrido, #tapiocatouch, pesquisou entre tecnologias do cotidiano, corpo, linguagem e dança com Marçal Rodrigues, Priscila Patta e Andrea Krohn onde participou das concepções do projeto e atuou diretamente na captação de imagens, edição e montagem de vídeo.

Em janeiro de 2014, fez uma pausa com a faculdade e mudou-se para a cidade de São Paulo, onde dedicou boa parte do tempo às artes visuais, investindo em pintura, desenho e reaproveitamento de materiais e tem como espaço de criação o Ateliê em Rede, espaço colaborativo de artistas, situado na Vila Madalena.

Em agosto recebeu convite para fazer parte do Projeto Lampioa de Bruno H Castro e João Zambom onde participou com 5 desenhos. Em seguida, recebeu convite para fazer a cenografia da exposição de Lampioa ocorrida de 11 a 30 de novembro de 2014, na Galeria Olido, em São Paulo.

De janeiro a fevereiro de 2015 participou do curso de imersão Procedência e Propriedade, de Charles Watson, no Rio de Janeiro com aulas ministradas pelos artistas Eduardo Berliner, Cadu, Arthur Chaves e Luiza Crosman e pelos professores Frederico Carvalho (UFRJ) e Charles Watson (Parque Lage-RJ).

Em abril de 2015 realizou exposição e montagem de exposição juntamente com Lampioa, no Centro Cultural da Penha, em São Paulo, onde expos os originais e outra obras, na exposição O Corpo.

Ainda em abril de 2015 começou a ter como atelier de criação, focando em pintura e desenho, o mezanino do Atelier Piratininga localizado na rua Fradique Coutinho, 934, Vila Madalena, São Paulo, onde desenvolveu, entre outros trabalhos, a série de pinturas Paisagem Interna e também realizou um intensivo de pinturas de retrato de observação direta até fevereiro de 2016.

Em março de 2016 retornou temporariamente ao Rio Grande do Sul a fim de concluir a graduação em Artes Visuais na UFRGS. Para tal, desenvolveu pesquisa “A pintura na paisagem e a paisagem na pintura” com foco paisagem rural, e defendeu banca em dezembro do mesmo ano.

Em 2017, de volta a São Paulo, participou, como aluna especial, do mestrado em Artes Visuais da ECA-USP, cursando a disciplina “Espelho Fragmentado” ministrada pelo professor e artista Geraldo Dias e se preparou para dar continuidade à pesquisa pictórica de paisagem ao ar livre.

deixe seu comentário