Mundo Animal

Outubro Rosa Pet - Aprenda a fazer o “autoexame” em cães e gatos

Câncer de mama atinge cerca de 30% das gatas e 45% das cadelas
14/10/2018 - 08h:41min - Fonte: R7

Câncer de mama atinge cerca de 30% das gatas e 45% das cadelas, de acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária; veterinárias explicam como identificar possíveis nódulos nas mamas do seu animal. O câncer de mama é um dos tumores mais diagnosticados nas cadelas e gatas, principalmente idosas. De acordo com as veterinárias Júlia Leite e Mariana Ricci, a principal prevenção é a castração antes do primeiro cio. “Esse tipo de tumor tem alta dependência dos hormônios produzidos pelo útero e ovários, diante disso, se o pet for castrado antes do primeiro cio, as chances de desenvolver tumores é de quase 0,5%”, alertam.

Como fazer o “autoexame”?
Os proprietários também podem criar certa rotina de contato e palpação dos pets. “Nos momentos em que o animal estiver relaxado em casa, sempre que possível, deve aproveitar e investigar se há pequenas bolinhas (nódulos) ou algo anormal no animal” afirma Dra. Gisele Francine da Silva, médica veterinária. Ela aproveita para ensinar como fazer o exame em casa.

Quais são os exames laboratoriais?
Para confirmação do tumor, o exame laboratorial mais comum é a citologia aspirativa. A citologia é feita através de uma punção do nódulo com uma agulha bem pequena, não sendo necessário sedar o animal. Se confirmado o câncer de mama, o próximo passo é avaliar os pulmões. Segundo a Mariana os médicos veterinários sempre solicitam uma radiografia torácica para avaliar os pulmões, uma vez que os tumores mamários podem causar metástase para este órgão.

Como é feito o tratamento?

Uma vez diagnosticado, e não havendo metástase pulmonar, o tratamento é cirúrgico. É realizada uma mastectomia na mama atingida. Se o diagnóstico for precoce, as chances de cura com a cirurgia são maiores, muitas vezes não necessitando de tratamento quimioterápico.

Viu alguma anormalidade?

Procure o veterinário mais próximo, que é o único profissional habilitado para diagnosticar o tumor.

deixe seu comentário