Esporte

Inter perde para o Vitória no Beira Rio e é eliminado da Copa do Brasil

Após vencer a primeira partida em Salvador, colorado foi derrotado pelo placar de 3 a 1 e foi eliminado da competição Nacional
Por: Elias Bielaski | Publicado: 11/06/2021 às 08:40 | Alterado: 14/06/2021 às 17:45 | Fonte: Correio do Povo
Foto: Correio do Povo / Divulgação
Foto: Correio do Povo / Divulgação

Em mais uma partida com rendimento muito abaixo do esperado pelo torcedor colorado, o Inter teve mais uma decepção em 2021. O colorado foi derrotado pelo Vitória, da Bahia, dentro do Beira Rio.

Quer ganhar uma pizza? Clique aqui!

Mesmo tendo vencido a primeira partida em Salvador por 1 a 0, o Internacional acabou perdendo pelo placar de 3 a 1 dentro de casa e foi eliminado da principal competição eliminatória do país: a Copa do Brasil.

No primeiro tempo, o colorado dominou. Teve mais posse de bola, mais finalizações e mais chances de gol. Thiago Galhardo fez dupla com Yuri Alberto, em uma equipe formatada para atuar com dois atacantes.

Receba as notícias do Clic no WhatsApp.

Com uma boa atuação de Taison nesta primeira metade, o goleiro Lucas Arcanjo foi o destaque do Vitória. 

Um filme parecido

Nos primeiros minutos da segunda etapa, o Inter reviveu um drama do jogo passado, em um lance muito parecido e envolvendo o mesmo personagem: o zagueiro Pedro Henrique. Ele levou o segundo cartão amarelo após deixar o pé alto em Guilherme.

Para corrigir o sistema defensivo, Ramírez trocou Thiago Galhardo por Lucas Ribeiro.

Precisando do resultado, o Vitória aproveitou a oportunidade para atacar. E de forma muito mais efetiva que o colorado. Roberto acionou Dinei na esquerda, que finalizou com muita força. O chute violento bateu no travessão, e nenhum defensor do Inter saiu no rebote. Assim, coube a Samuel se apresentar e, com calma, colocou a bola no fundo da rede do goleiro Daniel.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube.

Mesmo com um a menos, o Inter conseguiu o empate. Em cobrança de falta, Patrick escorou para o meio da área, e Johnny cabeceou. O goleiro Lucas Arcanjo chegou a tocar nela, mas não evitou o empate.

No entanto, a alegria não durou muito. Dois minutos depois, Eduardo arriscou de fora da área e marcou um golaço, fazendo 2 a 1 e recolocando os baianos em vantagem. A bola pegou efeito e morreu no ângulo esquerdo de Daniel.

Aos 40, o golpe final. Guilherme Santos aproveitou cruzamento da direita, subiu mais que a zaga do Inter e cabeceou para fazer 3 a 1 e sacramentar a classificação do Vitória às oitavas de final da competição, eliminando precocemente o Inter.

Baixe o aplicativo da ClicRádio no seu celular.

deixe seu comentário