Eleições 2020

Adiló Didomenico é eleito prefeito de Caxias do Sul com 59,68% dos votos

Pepê Vargas, do PT, fez 40,32% dos votos
Publicado: 29/11/2020 às 00:00 | Alterado: 22/04/2021 às 11:06 | Fonte: Correio do Povo
Foto: Celso Sgorla / Especial CP
Foto: Celso Sgorla / Especial CP

Adiló Didomenico (PSDB) foi eleito neste domingo como prefeito de Caxias do Sul com 59,68% dos votos válidos, após 97,03% das seções apuradas. O candidato derrotado Pepe Vargas (PT) teve 40,32% dos votos.

Adiló Didomenico, 68 anos, é natural de Marau e aos 17 anos foi morar em Caxias do Sul. Formado em Economia pela Universidade de Caxias do Sul, começou a vida política no movimento estudantil e, depois de intensa participação política, acabou se elegendo vereador em 2012 com 6.324 votos. No ano seguinte, licenciou-se das atividades parlamentares, para assumir como secretário municipal de Obras e Serviços. Em 2016, se reelegeu e, em abril deste ano, saiu do PTB e ingressou no PSDB.

No primeiro turno, de acordo com o TSE, Pepe Vargas (PT) terminou em primeiro com 75.619 votos (34,17%) e Adiló Didomenico (PSDB) terminou em segundo com 34.204 votos (15,45%). Na oportunidade, compareceram às urnas 250.972 eleitores e ainda foram registradas 82.724 (24.79%) abstenções. Os votos válidos na oportunidade somaram 221.327 (88.19%), com 16.400 (6.53%) nulos e 13.245 (5.28%) em branco.

Adiló e a vice Paula Ioris (PSDB) irão governar a segunda cidade com o maior número de morados do Rio Grande do Sul com 517.451 pessoas, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O município ocupava em 2017 a segunda posição no ranking dos municípios com 5,1% de participação no Produto Interno Bruto do Estado, de acordo com dados do Departamento de Economia e Estatística (DEE).

deixe seu comentário