Educação e Cultura

Ex-moradora de rua é aprovada em Universidade

Dayana Bárbara foi aprovada em vestibular e irá cursar Letras na Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Por: Redação/Clic Camaquã | Publicado: 07/01/2022 às 08:49 | Alterado: 14/01/2022 às 07:44 | Fonte: Metrópoles
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Dayana Bárbara dos Santos Coqueiro, ex-moradora de rua e atual vendedora ambulante de 36 anos, tem mais uma daquelas histórias de que é possível transformar vidas através da educação. A partir do segundo semestre deste ano, ela começará seus estudos no curso de Letras na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Dayane teve uma infância difícil, aos 12 anos ela saiu de casa por conta das violências que sofria. Viveu em abrigos e fugia constantemente para viver nas ruas. Aos 14 anos, ela ingressou na Escola Meninos e Meninas do Parque (EMMP), no Distrito Federal, onde estudou até os 20 anos de idade.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

A unidade, criada em 1995 pela Secretaria da Educação do DF, é especializada no ensino de moradores de rua, ensinando desde a alfabetização até os anos finais do ensino fundamental. Em entrevista, ela revelou que encontrou o espaço que precisava para expressar suas emoções. 

Com poucos recursos para estudar, Dayana, que vive há sete meses no Rio de Janeiro, foi mãe de um menino e teve várias dificuldades  após finalizar a educação básica, mas não desistiu.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Como vive há mais de sete meses no Rio de Janeiro, Dayana decidiu estudar para o vestibular da UERJ, em sua preparação, afirmou estudar pelo menos uma hora por dia em sites gratuitos da internet. Ela ainda as referências de livros que poderiam ser temas da redação

Leia a nova edição da Revista Prime <

Ao saber de sua aprovação, ela comemorou em sua conta na rede social Twitter. Aproveitando a repercussão de sua história, ela fez um apelo. Veja:


Clique aqui e baixe o formulário < 

Após pedir um celular para poder estudar e fazer suas vendas, Dayane teve uma boa surpresa. Além de diversas outras doações, ela ganhou um celular da empresa chinesa Xiomi e um notebook da empresa Acer. 






deixe seu comentário