Economia

“Ninguém vai furar teto”: Bolsonaro confirma Auxílio Brasil de R$ 400

Durante evento em Russas (CE), o presidente da República garantiu que o governo não vai furar o teto de gastos
Por: Sabrina Borges | Publicado: 20/10/2021 às 15:13 | Alterado: 27/10/2021 às 06:05

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou na manhã nesta quarta-feira, dia 20 de outubro, o valor de 400 reais para o Auxílio Brasil. O programa vai substituir o Bolsa Família e deve respeitar o teto de gastos públicos, de acordo com o presidente. 

“Ontem, nós decidimos, como está chegando ao fim o auxílio emergencial, dar uma majoração para o antigo programa Bolsa Família, agora chamado Auxílio Brasil, de R$ 400”, informou presidente.

De acordo com o presidente, “Hoje em dia, a média do Bolsa Família é de R$ 192, e a média do Auxílio Emergencial é de R$ 250. Com a política do ‘fica em casa, a economia a gente vê depois’, estamos agora pagando conta alta na inflação”, comentou. 

Leia também: Petrobras afirma que não consegue atender todos os pedidos por combustíveis

O chefe do Executivo federal citou também a questão do teto de gastos. “Temos a responsabilidade de fazer com que esses recursos venham do próprio orçamento da União. Ninguém vai furar teto nem fazer estripulia no orçamento”, assegurou.

“Seria extremamente injusto deixar 17 milhões de pessoas com valor tão pouco do Bolsa Família. Quero dizer a vocês que sabemos também que muitas das necessidades que vocês têm não há como resolvermos tudo de uma hora para outra, mas vamos dar o exemplo, trabalhando para todo o Brasil”, disse Bolsonaro.

deixe seu comentário