Colunistas
Catullo Fernandes - Arte, Cultura e História
Por Catullo Fernandes - Arte, Cultura e História
Pesquisador e poeta

O cantor mirim Murielzinho está brilhando na Rede Record

Publicado: 07/10/2021 às 14:06

Depois do sucesso da cantora mirim camaquense Evellyn Katzer, que chegou às fases de tira-teima do The Voice Kids, na Rede Globo, outro talento local está brilhando na TV, desta vez no programa “Canta Comigo Tenn”, da Rede Record. Muriel Dias Silveira, nome artístico Murielzinho, de apenas 11 anos, conquistou 97 dos 100 jurados do reality musical, que vai ar todos os domingos às 18 horas, no Programa do Faro. Ele abriu sua participação mandando um sapucai - marca registrada de seus shows. Pilchado e estampando no rosto o orgulho de ser gaúcho, Murielzinho cantou a música “Nuvem de Lágrimas”, que foi eternizada na voz de Fafá de Belém e com a dupla Chitãozinho e Xororó. 

Sua mãe Sueli Dias, que acompanhou o filho aos estúdios da Record, em São Paulo, foi entrevistada pela apresentadora Ticiane Pinheiro, mas muito emocionada quase não conseguia falar. Talvez lembrando das palavras de Murielzinho, que anos atrás previu, que apesar de tantas adversidades impostas pela vida ele iria proporcionar-lhe uma viagem inesquecível.

O programa dominical, que este ano chega a segunda edição prossegue com novas apresentações, sendo que Murielzinho já está classificado pra a semifinal. O Canta Comigo Teen recebe jovens talentos do Brasil, com idades de nove a dezesseis anos, trazendo os mais variados estilos musicais, disputando um prêmio de R$ 200 mil.

A projeção musical teve início na Rádio Liberdade

Murielzinho é filho de Sueli Dias e de José Lucindo, ex-vocalista do Musical Nova Era, que abandonou os palcos e os bailes porque viver da música estava sendo inviável para a manutenção da família, que há 17 anos reside no bairro São Pedro. Foi naquela humilde residência, onde o pai, que toca acordeon e violão, percebeu as qualidades de Muriel. Aos três anos de idade o garoto cantarolava o final das letras das músicas, que ouvia no rádio, e numa dessas cantou toda a letra de “Casa e família”, do cantador Helmo de Freitas, que juntamente com Teixeirinha, são os grandes ídolos do menino cantor. “Eu não tenho só uma música que gosto mais, eu gosto de tudo que for do Rio Grande”, costuma repetir em sua inocência.

A primeira aparição pública de Murielzinho foi aos quatro anos, no programa “Trovas e Cantigas”, do apresentador Mario Garcia, gravado ao vivo, e que mensalmente é transmitido pela Rádio Camaquense. A partir daí o artista mirim fez participações especiais no Bonito em Festa, Semana Farroupilha, e na festa dos 60 anos da RC, entre outros eventos locais.

Ainda hoje o violão não se encaixa direito em suas pequenas mãos, mas quando Murielzinho solta a voz encanta a todos por seu talento e carisma. Quem acompanhou a trajetória do menino facilmente percebeu que Muriel, atualmente cursando o 6º ano na escola municipal Cândido Rodrigues de Freitas, tem habilidades pouco comuns para sua idade. Desde as séries iniciais ele adora desenhar e já lê livros infantis com desenvoltura. A mãe Sueli conta que desde muito cedo notou que o menino tinha vocação artística pois sempre se interessou por livros e música. “Ele sempre teve um olhar esperto e começou a falar com nove meses”, lembra.

A conquista de um espaço no cenário estadual veio com o apoio de dois padrinhos musicais. O primeiro a abrir-lhe as portas foi o saudoso Elomir Malta, locutor de rádio, apresentador na TV Tradição e cerimonialista do MTG. Na sequência o destaque veio com o diretor e apresentador da Rádio Liberdade FM, Evandro Leboutte, que diariamente toca alguma música sua no programa Chimarreando com a Liberdade - fato que vem impulsionando a carreira do talentoso guri.

Murielzinho também é Embaixador Mirim da Paz pelo Grupo Os Piazitos, e com a coordenadora Vera Lima Ceroni, junto de outros piás, participa de rodeios, shows e festivais pelo Estado, com o projeto “No bolso de uma bombacha não cabe drogas”. Há um bom tempo ele também aprimora sua técnica vocal, com o professor Ricardo Cordeiro, da Sol Maior Academia de Música e Dança. A família também é muito grata a empresa da capital Pithan Pilchas, que disponibiliza a indumentária do pequeno artista.

Recentemente Murielzinho lançou seu primeiro trabalho solo - o CD “Sementinha da Esperança”, que traz 12 composições próprias em parceira com o pai Lucindinho e outros artistas da terra. Em virtude da pandemia o disco foi lançado somente pelas rádios, mas as músicas estão tocando em emissoras de todo o Estado, e inclusive no Paraná e Santa Catarina. No final do ano passado o artista mirim protagonizou uma live caseira, que contou com quase 20 mil visualizações.

O sucesso definitivo é só uma questão de tempo. Por onde passa Murielzinho é muito assediado pelos fãs, conquistando a todos por sua naturalidade e talento. Em seu canal no youtube https://www.youtube.com/watch?v=v0SZkVW4nII assista o clipe oficial “Quando canto um chamamé” (letra de Gerônimo Girardi Lopes), música que o projetou na Rádio Liberdade. Contatos para shows (51) 99691.3073.


Clic Humor com Sabedoria: “Cantar é próprio de quem ama.” (Santo Agostinho)