Colunistas
Catullo Fernandes - Arte, Cultura e História
Por Catullo Fernandes - Arte, Cultura e História
Pesquisador e poeta

Os ensinamentos e o legado que nos deixou os Jogos Olímpicos

Publicado: 13/08/2021 às 09:26

Os Jogos Olímpicos da era moderna foram idealizados pelo historiador e pedagogo francês Pierre de Frédy (1863 -1937), mais conhecido pelo título de nobreza Barão de Coubertin. A primeira edição das Olimpíadas, inspirada nos jogos da antiguidade criados pela Grécia, aconteceu em Atenas, no ano de 1896. Os jogos no Japão alcançaram a marca de 32 edições, e a próxima Olimpíada retorna a terra natal de seu idealizador - Paris 2024.

Nunca na história dos Jogos Olímpicos o propósito de seu criador foi tão alcançado como nesta edição de Tóquio 2020 (foto) - realizada em 2021 em virtude da pandemia. Foi a Olímpiada da diversidade com a estreia de cinco novos esportes, e porque não dizer foram os jogos da juventude, com atletas adolescentes participando e subindo ao pódio como no caso da skatista brasileira, Rayssa Leal (prata no skate street), a mais jovem medalhista do país, com apenas 13 anos. Mas sobretudo estes foram os jogos das mulheres, com quase 49% de atletas femininas.

A delegação brasileira - a maior já enviada a uma Olimpíada no exterior - foi composta com quase 50% de atletas femininas. A comitiva dessa edição contou com 302 atletas, sendo 140 mulheres. Das 21 medalhas conquistadas pelos brasileiros nove foram obra de guerreiras femininas. No total foram sete medalhas de ouro, seis de prata e oito de bronze, e o Brasil ficou com uma honrosa 12ª posição no quadro de medalhas, a melhor posição na história dos jogos.

Durante 16 dias, cerca de 11.300 atletas de aproximadamente 200 países competiram em 33 modalidades esportivas quebrando recordes e conquistando medalhas. Teve até atletas dividindo a medalha de ouro. Gianmarco Tamberi (Itália) e Mutaz Essa Barshim (Catar) decidiram terminar assim a disputa no salto em altura que estava empatada, e deram um exemplo de esportividade.

Grandes histórias por traz de cada medalhista olímpico foram contadas, e muitas outras daqueles que não subiram ao pódio. No final todos foram vencedores, como bem ensina a canção “Tocando em frente”, de Almir Sater: “Cada um de nós compõe a sua história / Cada ser em si / Carrega o dom de ser capaz / E ser feliz”.

Mas o skate, com seu jeito despojado, foi sem dúvida o esporte que mais consolidou a visão do Barão de Coubertin. Foi simplesmente incrível e emocionante adversários se abraçando numa verdadeira consagração ao espírito olímpico. Olimpíadas é isto - o maior evento mundial, que recebe disputas sadias entre atletas e países numa celebração de paz e harmonia entre os povos. Olimpíadas é cultura, confraternização, esporte, arte e beleza. E como pregou o Barão: “O importante não é vencer, mas competir. E com dignidade”. 

Clic Humor com Sabedoria: “Uma vida bem vivida é a maior de todas as Olimpíadas. Você é o atleta.” (Vitorio Furusho)

Curiosidade Olímpica: Os 21 medalhistas brasileiros por Estado - Fonte: BBC News

São Paulo (8):

- Rebeca Andrade - Ouro (salto) e prata (individual geral) na ginástica artística. Clube: Flamengo (RJ)

- Kahena Kunze - Ouro na vela (49er FX). Clube: Rio Yacht Clube (RJ)

- Kelvin Hoefler - Prata no skate (street). Sem clube

- Alison dos Santos - Bronze nos 400m com barreira. Clube: Esporte Clube Pinheiros (SP)

- Thiago Braz - Bronze no salto com vara. Sem clube

- Abner Teixeira - Bronze no boxe até 91kg. Clube: Liga Sorocabana de Boxe

- Luisa Stefani - Bronze no tênis (dupla). Clube: Saddlebrook Tennis Academy (EUA)

- Laura Pigossi - Bronze no tênis (dupla). Clube: Club Tennis Barcino (Espanha)

Bahia (4):

- Ana Marcela Cunha - Ouro na maratona aquática. Clube: Unisanta (SP)

- Beatriz Ferreira - Prata no boxe feminino até 66kg. Clube: Equipe Sergipe (MG)

- Hebert Conceição - Ouro no boxe masculino até 75kg. Clube: Academia Champion (BA)

- Isaquias Queiroz dos Santos - Ouro na canoa individual C1 1.000m. Clube: Flamengo (RJ)

Rio Grande do Sul (3):

- Daniel Cargnin - Bronze no judô até 66kg. Clube: Sogipa (RS)

- Mayra Aguiar - Bronze no judô até 78kg. Clube: Sogipa (RS)

- Fernando Scheffer - Bronze na natação 200m livre. Clube: Minas Tênis Clubes (MG)

Rio de Janeiro (2):

- Martine Grael - Ouro na vela (49er FX). Clube: Rio Yacht Clube (RJ)

- Bruno Fratus - Bronze na natação 50m livre. Clube: Minas Tênis Clubes (MG)

Rio Grande do Norte (1):

- Ítalo Ferreira - Ouro no surfe masculino. Sem clube

Maranhão (1):

- Rayssa Leal - Prata no skate (street). Sem clube

Santa Catarina (1):

- Pedro Barros - Prata no skate (park). Sem clube