Colunistas
Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Por Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Advogado e Comunicador do Clic Camaquã

O Dia da Mulher!

Publicado: 09/03/2021 às 17:55 | Fonte: Alvorino Osvaldt

Todos sabem das dificuldades dos momentos pelos quais passamos nesta pandemia. Mas hoje especialmente, gostaria de dar uma pausa no assunto para homenagear as nossas mulheres, nossas mães, nossas filhas, enfim aquelas que na labuta diária engrandecem o nosso viver! Parabéns a todas! Nessa semana, homenageamos todas as mulheres pelo seu dia. Enaltecemos e comemoramos a força e o poder das mulheres no mundo, suas conquistas, suas lutas, suas bandeiras e suas vitórias diárias, seja como mães, donas de casa ou como profissionais. Estão deixando um legado de conquistas para que as próximas gerações não necessitam passar pelas dificuldades que elas passaram. Torcemos para que nossas descendentes sejam mais respeitadas, tenham a igualdade que merecem. Parabéns às mulheres guerreiras que se desdobram entre as atividades diárias, o trabalho e a família. Sempre com delicadeza e força de vontade, todas conseguem conquistar cada vez mais espaço. Apesar das conquistas passadas, ainda falta muito. Salários equivalentes, direito de voz igual ao dos homens, representatividade e legitimidade. Isso sem falar na questão das mulheres negras, cuja luta é ainda mais difícil, principalmente nos degraus mais baixos da pirâmide social. São várias lutas dentro de uma luta geral. Na política, por exemplo, ainda falta muito. Nesta última eleição, 15% de mulheres passaram a ocupar o Congresso, o que é pouco. A necessidade de mais mulheres na política pode ajudar em questões polêmicas, como o aborto. No Brasil, o aborto só não é considerado crime em caso de risco de vida para a mulher causada pela gravidez, quando a gestação é resultante de um estupro ou se o feto for anencefálico. A presença feminina é necessária para repensar reformas, inclusive, como as da Previdência. Mulheres ainda acumulam as funções de dona de casa, cuidam de pessoas e trabalham fora – por isso acabam aposentando mais cedo. A luta do feminismo atualmente é mais ampla e foca em ressignificar o que é ser mulher hoje em dia. Conceito que deveria ser simples: elas podem ser o que quiserem, com os mesmos direitos e respeito que todo mundo. A você: mulher, mãe, avô, profissional, companheira, felicitamos a cada uma e desejamos mais um ano de vitórias e sucesso! Neste 08 de março nosso reconhecimento especial as mulheres! Parabéns!

Prá você pensar:

“Onde quer que uma mulher decida estar, ela faz toda a diferença” (Rafael Nolêto)