Colunistas

Projeto Conciliar

28/11/2018 - 14h:08min
Alvorino Osvaldt - Controle Geral

Uma excelente notícia àqueles que estão em débito tributário com o município de Camaquã. O Poder Judiciário juntamente com o Poder Público estão irmanados realizando o projeto Conciliar Dívidas Tributárias, foi o que afirmou o Dr. Luiz Otávio Braga Schuch em nosso programa do último sábado, eis que o município encontra-se com carências financeiras e ao mesmo tempo com muitos tributos em atraso e por receber. Desta forma criaram este projeto que irá estender-se até o dia 20 de dezembro, onde irão buscar o encerramento das cobranças judiciais ou administrativas de dívidas de IPTU, ISSQN  e outros tributos municipais, evitando assim a negativação de créditos e penhora de imóveis residenciais que deram origem à dívida. O projeto trás como beneficio ainda a isenção ou redução de multas ou juros, isenção de outras custas, além de redução de honorários advocatícios de 15% para 5% sobre o valor do débito. Quem possui alguma dívida com a Prefeitura, deverá comparecer ao Cadastro Imobiliário para efetuar o pagamento com estas vantagens. A dívida poderá ser paga a vista ou com cartão de crédito em até 12 parcelas, com desconto de 100% dos juros e 100% da multa. Há também a possibilidade de parcelamento em seis vezes, com desconto de 100% da multa e 50% dos juros, sendo a primeira parcela quitada no momento de assinatura do acordo e parcela mínima de R$ 25,00. Outra modalidade é o parcelamento de 7 a 30 parcelas com desconto de 100% da multa e 30% dos juros, com pagamento no sistema antes explícito. Desta forma o município e o poder Judiciário oferecem diversas modalidades a que o contribuinte quite o seu débito e evite futuros transtornos, como por exemplo, a penhora de seu imóvel residencial.

Destaque Empresarial

Em grande estilo a Associação Comercial e Industrial de Camaquã, presidida por Paulo Dagoberto Pankowski, realizou na última sexta-feira, a sua tradicional festa anual de premiação do DESTAQUE EMPRESARIAL ACIC, quando os 10 empresários escolhidos pelos associados recebem o troféu do ano. Este ano houve duas empresas que tiveram a mesma votação em décimo lugar, então foram 11 os escolhidos. E para o Empresário do Ano, a escolha recaiu para o nome da Empresária ROSANE ROXO. Os destaques foram, dos mais para os menos votados: Roxo Atacado e Varejo, o mais votado; Afubra; Lojas Pompéia; Center Tintas; Supermercado São José; Hidrosul; Passo a Passo Calçados; Comercial Astral; Camaquã Distribuidora; Clip Livraria Center e Viviana Alimentos. Parabéns a todos os agraciados!

Prá você pensar:

“O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado”. (Albert Einstein)

Camaquã (RS),26 de novembro de 2018.  

Alvorino Osvaldt

deixe seu comentário