Carros e Motos

Evento apresenta benefícios para motoristas de Camaquã e região

SEST/SENAT promove palestra para apresentar benefícios disponíveis para motoristas de diversas categorias em Camaquã
Por: Elias Bielaski | Publicado: 13/10/2021 às 10:50 | Alterado: 20/10/2021 às 12:20
Imagem Ilustrativa. Foto: Divulgação
Imagem Ilustrativa. Foto: Divulgação

O Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT) promove uma palestra em Camaquã para apresentar benefícios disponíveis para motoristas da região. O evento será realizado às 19h na quinta-feira, 14 de outubro, no Cine Teatro Coliseu, localizado na Rua Duque de Caxias 190, no Centro.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

A palestra tem objetivo de divulgar as atividades desenvolvidas pelo SEST/SENAT aos trabalhadores do setor do transporte, seus dependentes e comunidade.

O Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, criados em 14 de setembro de 1993, pela Lei Nº 8.706, são instituições voltadas para a valorização dos transportadores autônomos e trabalhadores do setor de transporte.

Para falar sobre o assunto, o programa Bom Dia Camaquã desta quarta-feira, 13 de outubro, recebeu Clayton Dworzecki, secretário do Desenvolvimento, Inovação, Cultura e Turismo.

O chefe da pasta esteve no estúdio da ClicRádio para falar sobre o evento e foi acompanhado pela palestrante Bárbara Pinzon Martins, representante do SEST/SENAT, que participou do programa por chamada de vídeo.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

Estão inclusos motoristas de aplicativo, motoboys, entregadores, caminhoneiros, motoristas de ônibus e demais categorias de motoristas. Assista a entrevista completa:

Para saber mais sobre o SEST SENAT clique aqui. 

Todas as Unidades Operacionais do SEST SENAT já oferecem gratuitamente aos trabalhadores do transporte e seus dependentes os serviços prestados pela instituição: cursos presenciais e a distância e atendimentos em fisioterapia, nutrição, psicologia e odontologia, além das atividades de esporte, lazer e cultura.

Para ter acesso à gratuidade, é preciso que o trabalhador autônomo ou a empresa onde trabalha contribua para o SEST SENAT.

O objetivo é ampliar ainda mais o acesso à qualificação profissional e serviços de saúde.

A gratuidade é uma forma de garantir capacitações continuadas que contribuem para a permanência e a colocação no mercado de trabalho, além de promover a qualidade de vida e o bem-estar do profissional.

Clic Camaquã anuncia Troféu Elas por Elas <

Profissionais do setor em todos os modais, transportadores autônomos e dependentes podem usufruir dos serviços prestados sem pagar nada.

São considerados dependentes: cônjuge ou companheiro(a) e filhos menores de 21 anos; pais e avós que comprovem dependência econômica do trabalhador; menores sob tutela e guarda judicial; e filhos maiores de 21 anos quando declarados incapazes física e mentalmente e viverem sob a dependência econômica do profissional.

Como ter gratuidade nos serviços do SEST SENAT

É preciso ir até uma das 145 Unidades Operacionais da instituição e apresentar a documentação necessária que varia de acordo com o vínculo do profissional com o setor de transporte.

Clique aqui e vote no Prêmio Prime 2022 <

Por isso, é importante entrar em contato com a Unidade mais próxima para verificar quais são os documentos necessários, tanto do trabalhador quanto dos dependentes.

A partir disso, é feito um cadastro no Sistema Integrado de Gestão do SEST SENAT e é verificada a regularidade da contribuição do profissional ou da empresa a qual está vinculado.

É por meio desse programa que os usuários têm a oportunidade, por exemplo, de iniciar um tratamento em uma região do país e continuar em outra.

Clique aqui e saiba mais sobre a contribuição.

deixe seu comentário