Campo em Dia

Safra de grãos 2020/2021 deve superar safra anterior

Gilkiane Cargnelutti informou que safra de grão deve atingir 262,13 milhões de toneladas no período 2020/2021; saiba mais
Por: Sabrina Borges | Publicado: 15/06/2021 às 16:54 | Alterado: 22/06/2021 às 16:55
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Todas as segundas-feiras é dia de participação especial da jornalista e assessora de imprensa, Gilkiane Cargnelutti, na ClicRádio. Ela trouxe excelentes notícias para o agronegócio, de grande interesse para os produtores rurais.

A safra de grão deve atingir 262,13 milhões de toneladas no período 2020/2021, de acordo com os dados do 9º Levantamento da Safra de Grãos divulgados na última semana pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). O volume total a ser colhido é superior à safra passada. 

Segundo a CONAB, as condições climáticas adversas registradas durante o cultivo da segunda safra, acertaram as estimativas de produtividade nas lavouras. A produção de soja terá um novo recorde estimado em 135,86 milhões de toneladas, o que significa 8,8% superior à produção da safra 2019/2020, representando um acréscimo de 11 milhões de toneladas. 

Já a safra 202/2021 do milho será 6% menor do que no ano anterior. A principal cultura cultivada na segunda safra e a redução na produtividade é consequência da baixa ocorrência de chuva entre os meses de abril e maio. Com isso, a estimativa é que a produção total do cereal chegue a 96,4 milhões de toneladas, sendo 24,7 milhões de toneladas na primeira safra, 69,9 na segunda e 1,7 na terceira.

Para normalizar o abastecimento interno o Brasil precisará ter uma terceira safra cheia, de verão e uma segunda safra também, de acordo com a jornalista. 

No caso das culturas de inverno, o plantio foi iniciado em abril e está sendo intensificado. O destaque é para o trigo, produto no qual as estimativas preliminares indicam uma área plantada de 2,5 milhões de hectares e uma produção de 6,94 milhões de toneladas. 

No Rio Grande do Sul, tanto a CONAB quanto o IBGE apontam que a área plantada será de 1,02 milhão de hectares para a cultura do trigo. Como o plantio se intensifica a partir de agora, há espaço para a ampliação ganhar terreno.


deixe seu comentário