Campo em Dia

Reestruturação do IRGA é tema de série de reuniões no RS

Presidente do IRGA, Rodrigo Machado participou do programa Campo em Dia e falou sobre reestruturação do instituto; Camaquã recebe reunião na sexta
Por: Elias Bielaski | Publicado: 20/10/2021 às 14:51 | Alterado: 27/10/2021 às 10:05 | Fonte: IRGA

Na manhã desta quarta-feira, 20 de outubro, o programa Campo em Dia recebeu Rodrigo Machado, presidente do Instituto Riograndense do Arroz (IRGA). O camaquense realizou tradicional participação semanal no programa da ClicRádio.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

Na oportunidade, Machado falou sobre reestruturação do instituto, expectativas para safras do arroz e soja, pautas da semana e primeiras semanas à frente do IRGA.

Os servidores da Estação Experimental do Arroz (EEA) do Instituto Rio Grandense do Arroz participaram, na manhã desta quarta-feira (20), de reunião sobre a reestruturação da autarquia.

O encontro ocorreu no auditório 1 da EEA, em Cachoeirinha, com a presença do presidente do Irga, Rodrigo Machado, e da diretora técnica, Flávia Tomita.

Na segunda-feira (18), Irga e Escola de Desenvolvimento de Projetos do Estado (DPE) promoveram na sede administrativa, em Porto Alegre, um workshop sobre o mesmo tema.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

Assista a transmissão do Prêmio Prime 2021 <

Esse foi o primeiro de sete encontros que devem ocorrer até o dia 26 de novembro para discutir a reforma estrutural do instituto.

A reunião na EEA objetivou discutir a reestruturação do Irga também com os funcionários da Divisão de Pesquisa.

“A ideia é também envolver o pessoal da Estação nesta discussão sobre o futuro da autarquia. Principalmente porque um dos pontos fundamentais dessa mudança está relacionado justamente à valorização dos servidores”, comenta o presidente Rodrigo Machado.

Na quinta (21), a reunião ocorre em Tapes. Em Camaquã, a reunião ocorre na sexta-feira, 22 de outubro.

Clique aqui e vote no Prêmio Prime 2022 <

Na entrevista à ClicRádio, o presidente afirmou que os servidores do IRGA sofrem com defasagem de reajuste salarial, que não ocorre desde 2014. 

"Essas coisas, temos certeza que no final do ano serão contempladas. Estamos sendo muito proativos para resolver esses problemas históricos que a instituição vinha sofrendo ao longo do tempo"

Assista a entrevista completa:

Clic Camaquã anuncia Troféu Elas por Elas <

deixe seu comentário