A culpa é do estagiário

Quadrilha alega que vai "desfazer feitiços" em residências para aplicar golpes

Moradores de cidade do Norte do RS relataram que golpistas, se passando por paranormais, tentam se aproveitar do medo criado nos moradores para lhes vender produtos
Por: Elias Bielaski | Publicado: 05/11/2021 às 08:34 | Alterado: 11/11/2021 às 22:00 | Fonte: Clic Portela
Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Nesta semana, as autoridades policiais de uma cidade no norte do Rio Grande do Sul informaram a aplicação de um novo golpe extremamente inusitado. Se passando por paranormais, golpistas oferecem serviço para "desfazer feitiços" presentes em residências.

Promoção de Natal do Clic sorteia R$1.100 <

Eles se aproveitam do medo criado em moradores de Tenente Portela para lhes vender produtos com preço muito acima do mercado.

Segundo a Polícia Civil, pessoas estão visitando moradores da área rural de Tenente Portela, anunciando o intuito de quebrar ou desfazer feitiços existentes nas referidas residências.

Como condição à quebra do feitiço, as pessoas devem adquirir suas mercadorias, entre elas acolchoados, roupas de cama e vestimentas.

Os produtos são oferecidos com preços fora da realidade econômica local, ou seja, bem mais caros do que os mesmos produtos no comércio de Tenente Portela.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

"Fica o alerta para as pessoas não se deixarem iludir com feitiços inexistentes", destacou a Polícia.

A Polícia ainda destaca que quanto à compra das mercadorias, é de livre arbítrio de cada um, desde que não esteja condicionada à quebra do feitiço, pois nesse caso pode configurar estelionato.

Até o momento, nenhum suspeito foi identificado.

As informações são do portal Clic Portela.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

deixe seu comentário